Compare o iogurte grego com o natural

Lançamento é mais uma opção para você consumir cálcio e prevenir osteoporose

POR CAROLINA SERPEJANTE - ATUALIZADO EM 08/11/2016

Fresquinho nas prateleiras dos supermercados brasileiros, o iogurte grego é mais um produto para quem gosta de se alimentar bem sem abrir mão de refeições saborosas. Feito a partir dos mesmos ingredientes do iogurte natural, o iogurte grego tem adição de mussalina, substância que não deixa a receita coalhar em altas temperaturas. Além disso, a consistência é mais cremosa porque o soro é retirado. "Mas não há perdas nutricionais por causa disso", afirma a nutricionista Roseli Rossi, da clínica Equilíbrio Nutricional, em São Paulo. O consumo desse tipo de fórmula já é bastante comum em outros países, como os Estados Unidos. No Brasil, a novidade chega ás prateleiras acompanhada de muitas dúvidas, principalmente entre as pessoas que fazem dieta e controlam com muito cuidado o que vai à mesa. Com a ajuda de especialistas, o Minha Vida comparou os nutrientes do iogurte grego e do natural para cada 100g do alimento.

Textura e sabor

1. Iogurte grego: o iogurte grego é mais consistente e pode ser usado até como substituto do cream cheese. A retirada do soro também diminui o azedinho no sabor, que fica mais agradável até para o paladar mais resistente aos derivados do leite.

2. Iogurte Natural: ele tem uma consistência mais leve e o gosto azedo, característico do iogurte. Por ser mais líquido, o iogurte natural não faz as vezes do queijo cremoso.