Incluir mais potássio na alimentação pode reduzir risco de AVC

Cortar o consumo de sódio para até 3 g por dia também ajuda na prevenção

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 05/04/2013

Um estudo conduzido por pesquisadores da Organização Mundial de Saúde (OMS) concluiu que incrementar a dieta com alimentos ricos em potássio e diminuir o consumo de alimentos industrializados ajuda a controlar a pressão arterial e prevenir um AVC. A conclusão do trabalho fez a revisão de 33 estudos e foi publicado esta semana no British Medical Journal.

O controle da pressão arterial foi o tema escolhido pela OMS para o Dia Mundial da Saúde, que é comemorado neste domingo, 07 de Abril. Segundo dados do Ministério da Saúde, o derrame cerebral é a principal causa de morte e incapacidade no Brasil - e uma das formas de preveni-lo é controlar a pressão alta.

O estudo envolveu dados de quase 130 mil pessoas saudáveis e mostra que, entre as que consumiam mais potássio (de 3,5 g a 4,7 g por dia), o risco de derrame era 24% menor do que no grupo que ingeria menos desse nutriente. O nutriente é essencial para o funcionamento celular e serve como contraponto à ação do sódio, componente do sal fortemente ligado à hipertensão, que é fator de risco para derrames e outras doenças cardiovasculares.

O trabalho sobre potássio, desenvolvido pelo Departamento de Nutrição para a Saúde e o Desenvolvimento da OMS, é acompanhado por outras duas revisões de estudos a respeito do efeito de reduções do consumo de sódio na pressão. Uma das pesquisas, feita pela Universidade de Londres, concluiu que cortar o sal dos atuais 9 g a 12 g - consumidos em média pela população - para a recomendação da OMS de 5 g já teria um grande impacto. No entanto, um corte mais radical, para 3 g, seria o ideal para o controle da pressão arterial.

Enriqueça sua dieta com potássio
A relação entre sódio e pressão alta não é novidade. Quem sofre da doença, que atinge cerca de 35% dos brasileiros com mais de 40 anos, segundo o Ministério da Saúde, sabe que tirar o sal da mesa é um dos primeiros passos para controlar a hipertensão. O que nem todo mundo sabe é que os níveis desse nutriente no organismo dependem de outro elemento: o potássio. "A dupla sódio e potássio geram o que nós chamamos de equilíbrio hídrico do corpo, sendo o potássio um bom diurético e o sódio um bom retentor de líquidos", explica a nutricionista Roseli Rossi, especialista em Nutrição Clínica Funcional, da clínica Equilíbrio Nutricional, em São Paulo. Uma dieta rica em potássio, portanto, leva a uma maior eliminação de sódio, o que pode ajudar a combater a pressão alta. Interessou? Então veja quais alimentos são boas fontes desse mineral:

Salmão grelhado

"Tanto o salmão quanto alguns mariscos são ótimas fontes de potássio", afirma a nutricionista Maria Fernanda Cortez, da clínica Nutri & Consult, em São Paulo. Um pedaço de 100 g do peixe grelhado oferece 628 mg de potássio. A profissional recomenda consumi-lo grelhado ou no forno para não elevar demais seu valor calórico. Ela destaca ainda que o alimento é rico em ácidos graxos ômega 3, anti-inflamatório que ajuda a regular os níveis de colesterol sanguíneo, evitando também doenças cardiovasculares.