Monte um banquete de nutrientes no café da manhã

Além de não pular a refeição, você precisa incluir os alimentos certos

POR REDAÇÃO - ATUALIZADO EM 06/02/2017

Não é sempre que você tem tempo de desfrutar de um farto café-da-manhã. Muito pelo contrário. Na maioria das vezes, sai às pressas para o trabalho e nem se lembra do desjejum.

Só vai notar que não tomou café lá pelo meio da manhã, hora em que a fome aperta e daí é um desespero só para colocar algo na boca e tapear a fome.

O descuido que parece inofensivo, no entanto, pode colocar o equilíbrio da sua alimentação a perder. "O café da manhã é essencial, pois interrompe o longo período de jejum causado pelo tempo de sono", alerta a responsável pela equipe nutricional do Minha Vida, Roberta Stella.

Ela ressalta ainda que a primeira refeição do dia deve incluir alimentos com os nutrientes importantes para o organismo. Hipoglicemia, baixo rendimento, falta de concentração e náuseas são conseqüências de ficar sem comer logo cedo. Faça uma avaliação gratuita (Fazer minha avaliação gratuita)

Atividade física

Antes de apontar quais alimentos não podem faltar na sua mesa de café-da-manhã, Roberta ressalta que quem pratica atividade física ao pular da cama precisa redobrar a atenção sobre a primeira refeição do dia. "Não é recomendado fazer exercícios em jejum. Mas, também não é aconselhável se exercitar logo depois de tomar o café-da-manhã", diz.

A especialista aconselha ainda a fazer o desjejum de meia a uma hora antes de dar a largada aos exercícios. "Consuma um alimento rico em carboidratos (pães, barrinhas de cereais e frutas) nesse período que antecede a atividade física. Isso garante energia para o trabalho muscular, evitando a hipoglicemia, durante os exercícios", explica Roberta. "A baixa de glicose traz sintomas desagradáveis, como tontura, rendimento ruim e náuseas. Para evitar os transtornos, basta colocar os seguintes alimentos no prato matinal":