Tire as frituras e ponha os grelhados no prato

Motivos para você nunca mais titubear na hora de escolher

POR MINHA VIDA ATUALIZADO EM 10/11/2009

É difícil resistir aos deliciosos petiscos fritos, sempre muito apetitosos. É ainda mais complicado trocar um belo bife à parmegiana por um filé de frango grelhado. Mas, apesar da sensação crocante que as frituras proporcionam ao paladar, motivos não faltam para você fazer a troca benéfica para a saúde. Não é preciso ser um expert em nutrição para perceber que, enquanto as tentações fritas escorrem gorduras prejudiciais ao organismo, os grelhados só somam vantagens à sua dieta.

Para te convencer a participar do boicote aos malfeitores que fazem subir não só o ponteiro da balança, mas também as taxas do mau colesterol, o Minha Vida contou com a colaboração da nutricionista da Unifesp, Maria Silvia Villar Ferrari, para montar uma lista cheia de vantagens dos grelhados. Abaixo às calorias, somando nutrientes. Além das calorias que já apresentam na versão in natura, os alimentos fritos ainda contam com um valor calórico extra. Isso porque eles incorporam parte da gordura usada em seu preparo, explica Maria Silvia. Outro ponto positivo para as preparações grelhadas é que, por não sugarem a gordura como os alimentos fritos, elas preservam seus nutrientes.


A favor da saúde

Fritura - Foto: Getty Images
Fritura

A perda de nutrientes não é o único prejuízo para quem cede às frituras. Os perigos à saúde já começam no fogo onde, para conseguir a consistência crocante, a água presente no alimento cede lugar à gordura. Como se não bastasse, na maioria das vezes, as frituras são provenientes de óleos reaproveitados. "A reutilização de gorduras e óleos para o preparo dos alimentos torna as frituras ainda menos saudáveis" , ressalta a nutricionista Maria Silvia.

Na prática, a gordura trans ganha mais espaço toda vez que o óleo é reutilizado. A cada aquecimento repetido, outras substâncias maléficas ao organismo também são liberadas. O uso de gordura animal na preparação das frituras é mais um fator agravante para a saúde. Esse tipo de gordura é rico em gordura saturada, que contribui para a elevação dos níveis de LDL, colesterol ruim para a saúde , alerta a especialista. A melhor opção é sempre o óleo vegetal. 

Na medida

Grelhado - foto: Getty Images
Grelhado

Convenhamos que a tarefa de riscar as delícias fritas do cardápio é uma missão praticamente impossível. E você não precisa se contorcer para realizar a tarefa. Basta ficar de olho na quantidade e na freqüência com que ingere tais alimentos.De acordo com a nutricionista da Unifesp, você pode incluí-los no cardápio até uma vez por semana, masopte por somente um tipo de fritura. Não combine, por exemplo, batatas fritas com um bife frito. Assim você mantém a saúde em dia e não fica com saudade das tentações.  

Vilão vestido de mocinho

Na lanchonete, fique alerta na hora de substituir as frituras. "Os empanados e as massas folhadas não são fritos, mas ficam prontos com muita gordura", lembra Maria Silvia. As alternativas mais saudáveis são as esfihas de verduras, como escarola e espinafre. 

Seu peso dos sonhos é ideal para você?

Responda a avaliação e descubra se seu peso atual e sua
meta de emagrecimento são saudáveis.

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não