Conheça a intimidade de cada um das delícias da quermesse

Maçã do amor, quentão, milho verde e outros petiscos completamente desvendados

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 06/06/2007

Numa boa festa junina, não há dúvidas sobre a principal atração: sim, você acertou. Estamos falando das irresistíveis barracas de comida. Repletas de quitutes de dar água na boca, elas ainda contam com uma mãozinha extra do frio, que abre o apetite e torna tudo mais saboroso especialmente os doces! (veja aqui as receitas mais gostosas de junho)

Então, antes de seguir para o delicioso corredor formado entre uma bancada e outra, dê uma volta pela nossa seleção de aperitivos, saiba tudo sobre as principais atrações da quermesse e console-se, afinal, santo que é santo não deixa ninguém na mão. Além disso, as guloseimas que participam dessa homenagem podem até acrescentar umas calorias na sua dieta, mas também somam um saldo positivo à sua saúde. Isso, é claro, se consumidos na quantidade adequada. Confira!
(finalmente, uma dieta que atende todas as suas necessidades)



Amendoim: evite o exagero! Cada colher de sopa de amendoim tem cerca de 60 calorias, o que é uma quantidade imensa para um punhado tão pequeno. Além disso, se for frito ou açucarado, o petisco terá uma concentração calórica ainda maior.





Por outro lado, o amendoim é muito rico em proteínas (30%), sais minerais (cálcio, fósforo e ferro), óleos e vitaminas dos complexos B e E e, o melhor de tudo: tem mais antioxidantes do que algumas frutas, ajudando as ruguinhas a ficarem longe de você. (veja outros alimentos ricos em proteínas)



Milho verde: ótima escolha para as festas juninas! O milho é saudável, rico em fibras e vitaminas e pobre em gorduras. Fonte de carboidratos, te dá aquela energia para curtir a festança. Contudo, evite a manteiga, que acrescenta muitas calorias e pode causar intoxicação alimentar se não estiver armazenada adequadamente. (nem toda gordura faz mal, diferencie)



Churrasquinho: prefira os de frango ou de carnes magras e fuja dos de porco além de gordurosos podem causar sérios problemas se não estiverem bem grelhados (veja todas vantagens dos grelhados). O mais importante aqui é ter certeza da procedência da carne, se não souber, não arrisque! A vantagem do prato é que não usa óleo e as carnes são ótimas fontes de proteínas, responsáveis pela renovação celular, pele e cabelo saudáveis, constituintes de hormônios e pelas células de defesa do organismo.



Quentão: cada grama de álcool contém 7 calorias, enquanto 1 grama de carboidrato contém 4 calorias. Entendeu o recado? É isso mesmo, um copinho de quentão cai feito um míssil na sua dieta. Mas se o frio estiver mesmo cortante, substitua a sobremesa por um copinho da bebida e aproveite os benefícios do gengibre, ótimo para uma série de distúrbios, como cólicas, inflamação de garganta, má digestão e bronquite. Uma boa sugestão para fazer em casa, dispensando o álcool, é preparar um chá mate com canela em pau ou em pó, dente de cravo e rodelas de gengibre. Ficará super saboroso e, além disso, ajuda a esquentar!





Maçã do amor: extremamente rica em açúcar e corantes, alerta vermelho! Pense bem: são cerca de 500 calorias por unidade, sendo que, a cada 3.500 calorias extras, o organismo pode engordar cerca de meio quilo! Apesar das maravilhosas propriedades da maçã (é antioxidante, possui vitaminas A, B1, B2, niacina, C e sais minerais como potássio, magnésio, cálcio e ferro), boa parte se perde quando a fruta não é consumida in natura, ou seja, crua.



Cachorro quente: Para fazer a melhor escolha e ainda sair com um dogão, peça sem a maionese, com uma salsicha, molho de tomate, vinagrete, pouco purê, katchup e mostarda com moderação. Evite a batata frita ou palha, o catupiry, e aquela montanha de recheios. Mas anime-se: pode até ser uma boa sugestão de almoço ou jantar no dia da festança se você souber dosar os acompanhamentos. (petiscar entre as refeições arrasa a sua dieta, entenda como)

Bolo de fubá: este bolo simples, porém delicioso, pode ser uma boa sobremesa para o dia de festa ou garantir a diversão no lanche da tarde. Rico em carboidratos, ele é uma forma gostosa de repor as energias gastas na andança de barraca em barraca. Só tome cuidado caso vá experimentar a versão cremosa da receita, bastante rica em gorduras e, portanto, em calorias. (nós temos a receita do seu doce favorito)

Pipoca: ela é rica em fibras, mas pobre em vitaminas. Mesmo assim, pode ser um bom belisquete. Prefira a versão salgada e fique com um pacotinho pequeno. O vilão aqui não é a pipoca em si, que tem poucas calorias, mas o óleo ou a manteiga que normalmente são usados como base de preparo. Dica: para fazer em casa, coloque o milho em um saco de papel e deixe estourar no microondas, sem manteiga ou óleo.



Pinhão: rico em carboidratos e em calorias. Se for irresistível, fique com 10 unidades, que somam cerca de 200 calorias, e dispense os doces. Para acompanhar, prefira sucos com adoçante, água, chás com adoçante e refrigerantes light/diet. Em contrapartida, saiba que a semente da araucária também contém vitaminas do complexo B, cálcio, fósforo e proteínas, com destaque especial para a vitamina B1 (tiamina), que ajuda na produção de energia, na oxigenação do cérebro e no funcionamento do sistema nervoso, podendo ajudar nas funções relacionadas com memória e cognição.



Canjica: a canjica é rica em carboidratos e naturalmente não tem muita gordura. Para deixá-la mais light, opte pelas carnes magras e evite adicionar amendoim à receita. (nem todo carboidrato igual, conheça as diferenças)





O que não pode faltar numa boa festa junina?



PUBLICIDADE