publicidade

Ficar só na sopa, chá, shake ou proteína arrasa a sua dieta

Conheça os perigos de fechar a boca sem balancear os nutrientes

Por Minha Vida - publicado em 25/09/2007


Você titubeia quando quer perder alguns quilinhos: encara a reeducação alimentar e colhe os benefícios mais adiante ou apela para alguma dieta de resultados quase imediatos? Ao imaginar o ponteiro da balança descendo em poucos dias, a proposta das dietas radicais é tentadora. Mas, como a maioria das tentações, ela esconde muitos riscos à saúde. Quer saber todos eles?

Então confira abaixo o dossiê que a responsável pela equipe nutricional do Minha Vida, Roberta Stella, montou. Ela ressalta os perigos de substituir todas as refeições por sopas, fazer das frutas seu prato principal e cortar os carboidratos do prato, por exemplo. (Faça uma avaliação nutricional gratuita e confira qual o plano alimentar ideal para você)Dieta da sopa
Comer sempre a mesma coisa faz com que a dieta fique monótona, sem mescla de sabores e textura dos alimentos. Além disso, há o risco de ficar com algum nutriente em falta no organismo, com tanto repeteco. A prisão de ventre também ganha espaço, já que o intestino não é devidamente estimulado.

Sem contar que uma dieta muito restrita é insuportável, ninguém consegue seguir por muito tempo , lembra Roberta. (Aprenda a usar as sopas a favor da sua dieta)

E se você pensou em recorrer a este tipo de dieta só para dar uma rápida enxugada na silhueta e depois pegar firma na reeducação alimentar, nada feito também. De acordo com a especialista, não é indicado apelar a algum tipo de dieta de choque para começar o programa de emagrecimento. A restrição calórica deve ser gradual e feita com uma alimentação variada .

Dieta das frutas
Não é à toa que é importante incluir, pelo menos, três porções de frutas em seu cardápio diário. Elas realmente são fundamentais na alimentação. No entanto, uma dieta baseada somente nelas leva à baixa quantidade de calorias e ao desbalanceamento entre a quantidade de carboidratos, proteínas e gorduras , afirma a nutricionista do Minha Vida. (Frutas secas multiplicam as calorias das versões frescas)

Roberta conta que, quando os nutrientes não são fornecidos na quantidade adequada, o corpo começa a trabalhar para suprir essa deficiência. Quando não há o consumo de carboidratos, por exemplo, o organismo passa a queimar gorduras e proteínas para obter energia. Uma das conseqüências é a perda muscular e o enfraquecimento , fala sobre o inconveniente à saúde.

Mais uma desvantagem de não atingir a recomendação de carboidratos é a quebra de gordura corporal. Quando as gorduras se partem, levam à formação de um ácido chamado cetona, que, em excesso no organismo, entra em processo de cetoacidose. A cetoacidose, em casos extremos e não tratados, pode causar problemas renais , esclarece a nutricionista.

Ainda de acordo com ela, assim como a dieta das sopas, a monotonia das refeições e as calorias restritas podem fazer você desistir do seu projeto de emagrecimento mais facilmente.(22 dicas para você persistir na dieta)

Dieta do chá
A dieta que estimula a ingestão da bebida no intervalo das refeições não oferece riscos à saúde se todos os pratos do dia forem balanceados, sem nenhuma privação de nutriente.

O fato é que, além da ingestão de líquido pregada pela dieta do chá, muita gente recorre também a um menu com poucas calorias. O resultado da combinação é a perda de peso devido à eliminação de líquidos. Além disso, por causa da excessiva restrição de calorias, pode haver perda de músculos. Mas, para emagrecer sem riscos, a perda necessária é a de gordura corporal , corrige a nutricionista.

Dieta das proteínas
Uma alimentação abundante em proteínas já sugere que a quantidade de macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras) está desbalanceada , alerta a nutricionista. Ela ressalta que é comum alimentos ricos em carboidratos complexos serem inseridos no prato, ao longo da dieta. Mas mesmo nestes casos é preciso estar atento e não prolongar o plano alimentar por mais de 12 meses , aconselha.

Roberta esclarece que se o tempo for estendido, pode haver uma sobrecarga renal em conseqüência da excessiva digestão de proteínas. Se o cardápio da dieta for rico em proteínas, e não totalmente baseado nelas, a dieta pode ser seguida sem problema algum, respeitando o limite de um ano.

A restrição de carboidratos é maior nas duas primeiras semanas. Depois disso, eles são reintroduzidos no cardápio gradativamente. As restrições, no entanto, são feitas para pessoas com histórico de doença renal, pressão alta, colesterol e triglicérides sanguíneos alterados , alerta a responsável pela equipe nutricional do Minha Vida.

Roberta afirma que, se você não consegue dispensar os carboidratos, esse não é o melhor plano alimentar para você. É preciso estar preparado para a ingestão de alimentos ricos em proteínas, como ovos e bacon, sem a companhia de pão , exemplifica. (Entenda mais sobre a dieta rica em proteínas)

Dieta dos shakes
O ponto negativo deste tipo de dieta, além da restrição de diversos nutrientes, é o não-estímulo às mudanças de hábitos alimentares. Ao substituir as refeições principais por shakes, você até consegue emagrecer, mas, às custas de altas privações calóricas e também de preferências alimentares individuais , aponta Roberta.

Acontece que, ao interromper esse plano alimentar tão restrito, as chances dos quilos perdidos voltarem são maiores. A especialista do Minha Vida explica que é mais fácil engordar depois de seguir um cardápio altamente restritivo, porque não há tempo suficiente para que ocorram mudanças nos hábitos alimentares e para que o organismo se acostumasse à nova rotina. As células de gordura não somem do corpo com o emagrecimento, apenas murcham.

Um excesso alimentar posterior a uma dieta altamente restritiva faz com que essas células voltem a se encher de gordura, além de se multiplicarem , informa Roberta. (Você sabe perder peso? Faça o teste e descubra se os quilos perdidos não vão mais voltar)

texto6Ds




Faça sua avaliação de peso. É rápida e gratuita Seu peso dos sonhos é o ideal para você?

Responda a avaliação e descubra se seu peso
atual e sua meta de emagrecimento são saudáveis.

Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

siga o minha vida e melhore sua qualidade de vida

Saiba mais

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X