Conheça a história de Laís, que emagreceu + de 34kg com o DS

A estudante conta como foi possível sair dos 95,1kg e chegar nos 60,9kg com um aplicativo de celular

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 20/03/2017

Lais Mainardi - Foto: Arquivo pessoal
"Vi que, com a reeducação alimentar, emagrecer comendo bem e de maneira saudável é possível?, diz Laís

Mesmo tendo problemas com peso desde a infância, Laís nunca recebeu apelidos maldosos de colegas de classe, nunca chorou porque haviam falado que ela estava acima do peso e nunca sentiu-se mal por causa de comentários de terceiros. E é justamente por isso que sua história é tão interessante: ela sempre se amou. Mudou, simplesmente, porque quis mudar.

PUBLICIDADE

"Fui uma criança gordinha, sempre tive problemas com o peso. Por ser alta, parecia 'proporcional', então isso 'enganava' um pouco. Nunca reconheci nenhum tipo de atitude dos meus amigos ou de outras pessoas que caracterizassem bullying, exceto pelos palpites de alguns familiares ou amigos da família sobre eu estar acima do peso e que seria bom se eu emagrecesse", conta.

A gaúcha confessa que as tentativas anteriores de emagrecer falharam porque sua mentalidade ainda não estava preparada. "Já tinha tentado fazer dieta quando eu tinha uns 17 anos, mas minha cabeça ainda não estava madura e eu fazia coisas totalmente erradas, como ficar sem comer, por exemplo. Eu não estava no meu tempo, minha mente ainda não estava preparada para essa mudança toda que seria iniciar novos hábitos alimentares. Mesmo com meus familiares me incentivando, não adiantava. De que adianta alguém te incentivar se tu não estás pronto?".

A mudança veio de dentro

Alguns anos depois, Lais começou a ganhar peso e decidiu, por livre e espontânea vontade, que estava na hora de mudar. "Com 19 anos, comecei a engordar mais: fui passando do manequim 42 para o 44 e assim por diante, até chegar no meu máximo, que foi 48. Nessa época, eu não ligava pra isso. Me sentia feliz, bonita e sempre me aceitei como era. No entanto, claro que muitas vezes eu saía triste de algumas lojas quando as roupas que eu queria não ficavam muito legais ou sequer serviam. Eu passava longe de balanças e ficava indiferente quando minhas amigas, que eram magras, falavam sobre dieta. Ainda assim, eu era feliz, isso não me incomodava tanto. Mas, em outubro de 2015, eu decidi que queria mudar. Eu já não estava mais gostando de mim e não queria ser daquele jeito."

Toda grande caminhada começa com um simples passo

Lais é estudante de farmácia em uma universidade que fica em Santa Maria (RS) e, por isso, fica longe de sua família, que mora em Rosário do Sul. Ela decidiu que, assim que voltasse para casa, começaria a mudar. ?Nas férias de verão, eu ia voltar para a casa da minha mãe, na minha cidade natal, e decidi que me matricularia em uma academia. Já havia me matriculado antes na musculação, mas nunca fui muito fã. Dessa vez, acabei me encontrando nas aulas aeróbicas! Frequentei aulas de Body Combat, Body Jump, Funcional, e Zumba. Saía sempre feliz, realizada! Enquanto eu procurava na internet sobre dicas de dieta e alimentação, encontrei o Dieta e Saúde. Baixei e comecei a usá-lo no dia 4 de janeiro, na versão gratuita. Eu ia para a academia, usava o aplicativo todos os dias, seguindo certinho, e quase nunca ultrapassava os pontos. No início, eu estava desconfiada de que conseguiria obter resultado. Estabeleci que iria perder 4kg como meta inicial. Cheguei na meta e, um mês depois, decidi abandonar o plano gratuito e ir para a assinatura".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

As dificuldades durante a caminhada

Lais Mainardi - Foto: Arquivo pessoal
Laís saiu dos 95,1kg e chegou nos 60,9kg usando o Dieta e Saúde

A futura farmacêutica admite que os doces são seu ponto fraco e que seu maior obstáculo foi controlar a vontade de comê-los nos momentos de ansiedade. "Sempre tive o costume de descontar minhas frustrações em doces, e essa sempre foi minha maior dificuldade para controlar o peso: sou muito formiga" - conta Laís, rindo.

A linha de chegada

A estudante conta que o emagrecimento trouxe benefícios que foram muito além da estética. "Ter chegado ao meu objetivo não só me ajudou com minha autoestima como também me mostrou que sou capaz de conquistar muito mais tendo força de vontade e dedicação. Tudo isso me ajudou a render mais na faculdade, pois, com a confiança que adquiri, passei a ser mais positiva e a não desistir tão fácil. Os elogios de amigos, colegas e familiares me deram um gás ainda maior para seguir em frente. Mudei muito em relação a assuntos como dieta, academia e coisas do tipo, que antes eram tabus para mim. Hoje, falo, facilmente, sobre esses assuntos com minhas amigas e não tenho mais aquele medo de me pesar."

A ajudinha do Dieta e Saúde

"Conheci o DS navegando pela Play Store. Me adaptei rápido e achei tranquilo de usar. Quando explico para outras pessoas como ele funciona, costumo dizer que a parte mais 'difícil' é criar o hábito de registrar a alimentação no diário. Acredito que o aplicativo se diferencia dos outros por ser um programa de reeducação alimentar, que ensina que devemos comer (e comer bem), ao contrário de muitas dietas da moda que são restritivas e acabam dando errado. Para mim, estava sendo tão fácil de usar que eu não colocava muita fé que aquilo ia funcionar e achava que só um milagre me salvaria, mas vi que, com a reeducação alimentar, emagrecer comendo bem e de maneira saudável é possível", diz Laís, que começou com 95,1kg e conseguiu chegar aos 60,9kg com o aplicativo, eliminando 34,2kg no total.