publicidade

Listras horizontais emagrecem, sim!

Estudos contrariam especialistas da moda e ditam novas regras

Por Minha Vida - publicado em 16/09/2008


Uma equipe de psicólogos da Universidade de York pesquisou como as roupas podem criar a ilusão de estar acima ou abaixo do peso. A pesquisa foi baseada na teoria da ilusão dos quadrados de Helmholtz. O resultado surpreendeu por constatar que as listras verticais dão a sensação de que a pessoa está com alguns quilinhos a mais, contrariando tudo o que já foi dito até hoje.

O estudo, apresentado no British Association's Festival of Science, em Liverpool, contou com a participação de diversos voluntários que analisaram fotos de 200 mulheres usando trajes listrados e deveriam indicar quais eram as mais magras.

Os participantes, ao olharem pessoas que possuíam o mesmo corpo, apontavam as que usavam roupas listradas na horizontal como as mais magras.

O coordenador do estudo, Peter Thompson, explicou que o cientista Hermann Von Helmholtz no século 19 desenhou dois quadrados idênticos, enquanto um foi coberto com listras verticais o outro foi coberto com listras horizontais. Na ocasião as listras verticais proporcionaram a ilusão de o quadrado parecer mais alto, por este motivo, as mulheres foram induzidas a usarem esses tipos de roupas

O pesquisador acredita que as listras horizontais dão a sensação da imagem ser mais tridimensional, criando o efeito de profundidade e reduzindo a largura. Porém, quem quiser aparentar ser mais magra pode apostar tudo no básico preto. Sabemos que um círculo preto em um fundo branco parece menor do que um círculo branco em um fundo preto, conclui Peter Thompson.


Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X