Minha Vida - Saúde, Alimentação e Bem-Estar

Escolha o biquíni certo e fique linda na praia ou piscina

Veja peças que disfarçam as imperfeições e outras dicas de estilo ao ar livre

POR MINHA VIDA - atualizado em 09/02/2012


Roupas de banho têm que combinar com seu estilo de vida e, mais, com o momento em questão: de relaxamento total. Maiôs e biquínis precisam ser confortáveis para você curtir horas de sol em frente ao mar ou à piscina. Veja quais são as opções mais indicadas para o seu tipo físico e como adotar estilos que são um sucesso.

de 12

Mulher deitada usando um biquini e camiseta listrados - Foto Getty Images

Sem curvas
Estampas, drapeados, apliques, bordados e sobreposições estão todos liberados nesse caso, pois ajudam a criar falsas curvas. Para aumentar o tamanho dos seios e deixar o colo mais bonito, procure sutiãs com bojos discretos ou enchimento. Tire proveito das calcinhas de cós baixo, que valorizam o bumbum, e abuse das listras horizontais. Elas estão na moda e dão a ilusão de volume.  

Mulher usando um maiô laranja - Foto Getty Images

Gordinha
Prefira cobrir mais o corpo com peças maiores. Além de lindos e clássicos, os maiôs são a melhor escolha para esconder as gorduras salientes. Opte por cores escuras e lisas, que ajudam a diminuir o volume do corpo. 

Mulher de biquíni jogando frescobol na praia - Foto Getty Images

Barriga saliente
Modelos com cós alto (e dobrado) seguram o excesso de barriga e disfarçam a região abdominal. Prefira tonalidades lisas e escuras. Se você não abre mão da estampa, escolha as miúdas em fundo escuro, que ajudam a disfarçar medidas. Outra dica é usar sutiãs estampados para desviar a atenção para a parte de cima. 

Mulher usando um biquini drapeado e listrado - Foto Getty Images

Seios pequenos
Você tem passe livre para abusar de babados, drapeados e bordados no sutiã. Tops transpassados, detalhes trabalhados com renda e desenhos chamativos são outras boas alternativas. Maiô com detalhe drapeado chama a atenção para a parte de cima e destaca o colo. Experimente levar um lenço para a praia: eles ficam chiques amarrados na cabeça. 

Mulher usando um biquíni branco - Foto Getty Images

Seios grandes
Aposte em alças grossas e estampas gráficas. Outros elementos como aros nos bojos, alças cruzadas e laterais largas garantem boa sustentação. Prefira peças escuras, lisas e sem enchimento. Invista no modelo cortininha de tiras largas, que desenham o colo. Meia-taça e tomara que caia também estão liberados, mas precisam ter reforço nas laterais. Evite bordados e babados nessa região e prefira usar estampas na parte de baixo, para deixar o corpo mais proporcional.  

Mulher usando um biquíni shortinho e jogando frescobol - Foto Getty Images

Quadris largos
Calcinhas com laterais grossas são as mais indicadas. Evite os modelos de amarrar. "Dois dedos de largura são suficientes", explica a estilista Marta Reis. Caso não resista, dê um nó e deixe as pontas soltas dos lados. "Os sunquínis já não caem tão bem em quem tem bastante quadril. Modelos do tipo shortinho ficam ótimos em mulheres mais cheinhas", recomenda. Chame a atenção para ombros e seios, usando peças com decotes enfeitados por miçangas, brilhos e cristais. Adote cores lisas e escuras na parte de baixo. 

Quadril com um biquíni listrado e nós nas laterais - Foto Getty Images

Quadris estreitos
Experimente sem medo peças com laços e bordados, amarrações e enfeites laterais, que dão volume à região e graça ao visual. Cores fortes e estampas grandes (listradas, florais, geométricas, tie-dye e degradê) estão em alta e vestem bem o seu tipo. A calcinha baixa é ótima para turbinar o bumbum. Para ganhar seios mais volumosos, nada como um top cortininha. 

Mulher usando um biquíni amarelo - Foto Getty Images

Pernas curtas
No seu caso, a parte de baixo deve ser cavada e estreita para alongar as pernas e equilibrar o corpo. Prefira tecidos de cores neutras para causar pouco contraste com a pele. Tops elaborados, fivelas e tiras finas na calcinha também são bem-vindos.

A parte de cima estampada com a parte de baixo lisa (ou vice-versa) sempre faz sucesso. "Uma dica é comprar conjuntos que podem ser coordenados entre si", afirma a consultora de moda Cacá Novaes. Vale até misturar estampas, desde que as cores sejam comuns. Na dúvida, opte sempre por uma das peças lisa. "Assim não tem erro, principalmente se a estampa tiver algum traço na mesma cor", complementa. Veja algumas opções de estilos que são um sucesso: 

Mulher usando biquíni estampado e saida de praia laranja - Foto Getty Images

Étnico
Faça o gênero abusando de tons terrosos e estampas tribais. Combine com saídas de banho de toque urbano. 

Mulher deitada numa toalha de praia e usando biquíni preto - Foto Getty Images

Clássico
Modelagens sofisticadas com detalhes franzidos, tecidos brilhosos e cores sóbrias não se restringem mais à beira da piscina de resorts e cruzeiros. Os fechos trabalhados, zíperes e argolas metálicas também aparecem à beira mar. 

Mulher vestindo um maiô listrado de azul e branco e usando um chapéu de marinheiro - Foto Getty Images

Navy
Caia na inspiração marinheira usando listras, vermelho, azul, bege e branco. Aproveite temas bordados e em dourados, como fivelas de cintos, que lembram âncoras e cordas náuticas. Quem tem pouco busto pode investir em estampas horizontais. Quem tem seios grandes deve preferir cores escuras para não ampliar mais as dimensões. 

Duas mulheres perto de uma rede de vôlei - Foto Getty Images

Esportiva
Vieses coloridos e cores vibrantes como neon ficam mais discretos em visuais esportivos. Zíperes de plástico e cintos são detalhes que compõem essa estética, que deve vir combinado com uma silhueta malhada. 

ver texto completo


Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Mais sobre:

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."