Saiba corrigir o cabelo loiro que deu errado

Livre-se dos efeitos indesejáveis mais comuns, como manchas e o tom alaranjado

POR LETÍCIA GONÇALVES - ATUALIZADO EM 01/11/2013

Tingir as madeixas de loiro é a opção que faz a cabeça de muitas mulheres. Na hora de fazer esse retoque no visual, entretanto, o máximo de cautela é essencial para evitar resultados indesejados. Alguns deslizes podem fazer com que o loiro radiante vá por água abaixo e o cabelo vá do laranja, verde, com aspecto queimado ou até manchado. E o desastre estético não acontece somente quando você se aventura em casa. Muitas vezes, os resultados no salão de beleza também podem ser problemáticos.

A principal regra para acertar na tintura é procurar ajuda de um profissional capacitado. "Se não conseguir ir a um salão, faça em casa apenas o básico e deixe as mudanças maiores para realizar junto com um profissional", aconselha a cabeleireira Nilse Vilela, proprietária do salão Nilse Vilela Cabelo & Corpo. Veja abaixo outras dicas de como se prevenir e corrigir cada um desses possíveis desastres.

Fios ressecados

Se o cabelo parece uma palha, no pior estilo "espiga de milho", é sinal de que foi danificado. "Ás vezes, a cliente faz mechas ou tintura com um cabeleireiro e depois vai a outro profissional, que sem conhecer o histórico de produtos usados nos fios pode facilitar a danificação dos cabelos", conta Claudio. Os descolorantes para clarear as madeixas são muito agressivos e o mínimo de descuido pode causar um desgaste exagerado dos fios.

Aliada a essa química forte, há a ação de sol, piscina, secador em excesso, chapinha e xampus inadequados. Evitar esses agentes ajuda a aliviar o ressecamento. Para minimizar os efeitos, ficam as dicas: faça hidratação pelo menos a cada 15 dias, opte por tratamentos reconstrutores no salão e use xampu sem sal, enriquecido com ativos que agem no interior dos fios.