Conheça sete tratamentos estéticos para derreter a gordura localizada

Criolipólise e ultrassom são algumas das técnicas eficazes no combate aos pneuzinhos

POR MANUELA PAGAN - ATUALIZADO EM 14/10/2014

 O acúmulo de gordura em algumas áreas específicas do corpo é tão comum que a busca por tratamentos que amenizem o problema é cada vez maior. "Tudo o que comemos além do necessário vai sendo estocado como gordura localizada", conta o dermatologista Cláudio Mutti, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. As áreas mais comuns de depósito de gordura nas mulheres são abdômen, flancos - os famosos "pneuzinhos" - e culotes.

Há ótimas opções para amenizar essa gordura, mas vale lembrar que não tratam sobrepeso e obesidade. "Nada substitui uma vida regrada com boa alimentação e atividade física", afirma o médico. Associe esses bons hábitos aos melhores tratamentos estéticos e colha resultados mais rápidos.

Criolipólise

Desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Harvard, essa técnica usa baixas temperaturas para acabar com a gordura localizada. O aparelho é colocado na superfície da pele e a camada gordurosa é congelada até temperaturas negativas. Cláudio Mutti explica que, em contato com a baixa temperatura, as células de gordura - chamadas de adipócitos - se rompem totalmente. Em consequência, o corpo entende que elas não fazem mais parte do organismo e as expele naturalmente.

Em até três meses após a sessão, entre 20 e 25% da área submetida ao tratamento estético será eliminada. Esse tratamento está contraindicado a gestantes, a quem tem alergia ao frio, caso exista tumores no local em que será aplicada a técnica ou se se houver flacidez. 

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não