Oito cuidados para proteger a pele sensível

Troque os cosméticos e escolha bem os tecidos para evitar coceira e irritação

POR LETÍCIA GONÇALVES - ATUALIZADO EM 30/07/2013

Quando a pele é sensível, até mesmo um ventinho gelado ou um creme diferente bastam para causar vermelhidão e coceira. O problema é mais comum do que se imagina e pode atrapalhar bastante a rotina se alguns cuidados básicos passarem despercebidos - um estudo do Journal of Cosmetic Dermatology, feito com mulheres e homens, mostrou que 62% delas e 52% deles tinham irritação na pele por causa de cosméticos (foram analisadas 3.800 pessoas, 3300 mulheres e 500 homens).

Para evitar desconfortos como esse, a primeira medida é simples: jamais usar os produtos causadores de alergia. Mas existem outros cuidados capazes de proteger a pele e diminuir a sensibilidade, veja as dicas dos especialistas.

Vista algodão

Quanto mais natural for o tecido, melhor. A dermatologista Carolina Marçon, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, conta que os fios sintéticos desencadeiam mais alergias. "O organismo reage com mais vigor a substâncias sintéticas, o que pode desencadear um quadro de alergia ou até uma inflamação se a pele for muito sensível", afirma. O algodão só não é indicado quando você for praticar atividade física. "Esse tipo de tecido é muito pesado, prende o suor e fica encharcado facilmente", afirma o personal trainer Carlos Klein, da equipe Movimente-se. Nesse caso, tecidos próprios para esporte são melhores porque ajudam o corpo a trocar calor com o ambiente. 

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não