publicidade

Disfarce suas neuras e mostre o corpo no verão

Aprenda a esconder os centímetros a mais e aproveite o calor à vontade

Por Minha Vida - atualizado em 27/12/2011


Verão é tempo de suar. Só que nem sempre a molhadeira é causada pelo calor, tem mulher que já derrete agora, só de pensar em manter o corpo mais descoberto e mostrar uns centímetros a mais nos decotes, nas saias curtas ou nas roupas de praia. Mas como a gente sabe que você é esforçada e só precisa de um tempinho para comemorar os resultados da dieta e dos exercícios, resolvemos montar um manual de primeiros-socorros, para disfarçar as dobrinhas que - bate na madeira três vezes! - logo mais vão derreter. Foi tudo feito com a ajuda da Catarina Novaes, consultora e produtora de moda poderosa, que sabe todos os truques para você sair linda nas fotos e conquistar todos os olhares por onde passar.

de 10

Barriga - Getty Images

Barriga? Que barriga?

O ideal para disfarçar a barriguinha é dar destaque aos ombros e quadris, criando a criar a impressão de cintura mais fina. Mas esse truque só vale para quem não tem o quadril largo coisa rara entre as brasileiras. Se você tem o bumbum grande, destaque o ombro e o colo, chamando atenção com colares, lenços e decotes em V ou ombro a ombro. As blusas que têm recorte logo abaixo do busto e são mais soltinhas do seio até a barra (tipo bata) são perfeitas neste caso.

Vestidos e trapézios também são uma boa, mas a escolha das cores deve ser feita com muita cautela, as laterais sempre devem ser mais escuras em caso de bicolores, para afinar a silhueta. Nada de estampas grandes, que se destacam ainda mais no corpo. Outras opções legais são as os bodys que modelam o corpo

Também existem cintas que ajudam a atenuar a barriguinha. Mas elas nem sempre são confortáveis e tendem a ficar ainda mais incômodas no verão. Se a barriguinha for só um pouquinho saliente, vale arriscar umas peças mais justas. Experimente também as lingeries modeladoras, algumas até sem costura, são mais confortáveis, e dão um ótimo resultado. 

Afine o quadril largo - Getty Images

Afine o quadril largo

Para isso, a solução é valorizar o tronco, com decote e colares. Sempre use calças com o corte reto e sem pregas. De preferência em cores escuras, porque as claras aumentam o volume. Se quer usar um jeans legal, com lavagem diferenciada, prefira os que possuem as laterais mais escuras. Mini vestidos que cubram o quadril podem ser usados com um jeans justinho, deixando você antenada com a moda.

Só tome cuidado com as estampas grandes e geométricas. Dê preferência ao tecido liso ou bicolor, com a cor da lateral mais escura. As calcinhas com tensor também são úteis para dar uma apertada, mas escolha um modelo que não aperte demais, sob o risco de criar marcas na perna. 

Esconda os furinhos da celulite - Getty Images

Esconda os furinhos da celulite

Tecidos leves e principalmente em tons claros, destacam a celulite nas pernas e bumbum. Ou seja: evite. Calça branca, mesmo de sarja, também pode acabar mostrando os furinhos indesejáveis. O ideal é preferir tecidos mais encorpados. Quem realmente precisa das roupas claras (caso de quem trabalha de branco), deve usar a blusa no comprimento abaixo do bumbum, terninhos mais compridos na parte de trás e calças com tecidos consistentes. 

Ponha mais recheio no decote - Getty Images

Ponha mais recheio no decote

Os modelos de sutiã push-up são a melhor opção para aumentar os seios. São aqueles que possuem o fecho frontal, juntando e levantando ao mesmo tempo. Modelos com enchimento preso no forro interno também fazem diferença e ficam bem naturais. De todo jeito, experimente antes de comprar. O melhor tipo é aquele que não aperta os ombros, os seios e nem as costas (deixando as gordurinhas salientes). 

Diminua o volume e abuse do decote - Getty Images

Diminua o volume e abuse do decote

Tem quem faça de tudo para aumentar, mas muita mulher sofre é com o número muito grande do sutiã. Se despeitada nunca foi seu apelido, aproveite os modelos com aro, sem bojo e de copa inteira. Eles disfarçam o volume natural. Agora, para modelar os seios fartos, o sutiã deve ter o bojo e o decote pronunciados. Assim tudo fica no seu devido lugar, e o colo ganha um destaque bonito. 

Salto alto - Getty Images

Permaneça elegante, sem muita roupa

O calor é um desastre para quem precisa manter o visual impecável. Fica difícil segurar a pose com o corpo suando debaixo de um monte de roupa. Contra isso, um bom salto faz milagres. Eles dão um ar mais arrumado a qualquer produção básica. Veja como usar os principais modelos:

Princesa: elegante e levemente mais grosso. Varia de 4 a 7cm. Fica super bem com calça convencional ou um pouco mais curta. São bem confortáveis e excelentes para trabalhar.
Anabela ou plataforma: altos ou baixos, proporcionam bastante conforto. São mais adequados durante o dia. Porém, podem dar uma ar mais pesado à produção.
Agulha: pode ter até 9 cm, é fino e sexy. Apesar de nunca sair de moda, não deve ser usado sempre porque prejudica a postura e os pés. O ideal é usá-lo em ocasiões em que não precisará ficar muito tempo em pé. Mas, independente do tipo, postura e equilíbrio são fundamentais. Nada de ficar capengando por aí. 

Calça cintura alta - Getty Images

Cintura sem curvas, pernas curtas e tronco largo: disfarce tudo ao mesmo tempo

A calça com cintura alta é o segredo do guarda-roupa de quem tem esse perfil. Mas, por outro lado, deve ser evitada pelas mulheres que têm seios fartos (para elas, o umbigo é zona limte do cós). Se você tiver o bumbum grande, nem pensar (ou ele ficará ainda maior). A peça pede uma combinação sequinha em cima, mais justa e por dentro da calça. 

Pouco bumbum - Getty Images

Pare de se queixar do bumbum tábua

Existem sim lingeries e meias-calças que dão um up no bumbum sem ter aquele enchimento tão superficial, que deixam as mulheres parecidas com uma abelha. A falta de bumbum pode ser amenizada com calças de cintura baixa e bolsos traseiros, suéteres, tops, batas e blusas longas usadas fora da calça ou saia. Peças com pregas ou efeito evasê, com volume, também são ótimas. 

Suma com o culote - Getty Images

Suma com o culote

As calças retas com pregas, mas sem largura excessiva, amenizam o culote. Complete o truque valorizando o colo. Use saias longas, com tecidos fluidos e bem soltas. Os tons escuros e as estampas pequenas emagrecem. As cinturas baixas, marcadas com um cinto fino, também são uma boa opção. Use sempre uma cor mais clara na parte de cima. Evite vestidos justos ou com cortes na cintura, calça fuseaux ou cigarrette (a não ser com casacos ou camisas por fora) e bainhas dobradas para fora. 

Rapidinhas na praia - Getty Images

Rapidinhas na praia

1. A calcinha mais larga é ótima para esconder as gordurinhas e está super em alta.
2.Para quem está acima do peso, nada melhor que um belo maiô. Escolha um modelo de cor mais fechada
3. Nesse verão continua a mistura de estampas, a parte de cima diferente da de baixo. Totalmente fashion, mas com cautela
4. Para quem tem seios grandes o modelo cortininha é uma boa pedida. Mas no tamanho correto. Nada de mini-cortininhas. De preferência, use alças mais largas para maior sustentação.
5. Biquíni de lacinho só para quem é magrinha e com tudo em cima. Eles são proibidos para quem se incomoda com o quadril. Neste caso, use os modelos saias (calcinha do biquíni sobreposta com uma mini-saia). Um charme.
6. Para quem não tem muito seio, dá-lhe bojo, armações e estampas, muitas estampas nesse verão. E pode abusar do cortininha também, ele dá a impressão de volume nos seios.
7. Está com a barriguinha saliente? Nada de exibir a área. Biquíni só ser for de cintura alta e abuse de cores escuras ou estampas bem pequenas e discretas. 

ver texto completo


Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Mais sobre:

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X