PUBLICIDADE

Tire a barba sem ficar com vergonha da sua pele

Respeitar a sensibilidade é o segredo para ficar longe das irritações

Quando se lembram da pele irritada, das bolinhas e dos pelos encravados, muitos homens desanimam na hora de se barbear. A dificuldade, no entanto, pode diminuir bastante com alguns cuidados que, longe de serem apenas sinais vaidosos, garantem a vitalidade da sua pele. "A pele do rosto é muito sensível. Por conta desse problema, o atrito da lâmina acaba resultando em bolinhas, ardência, coceira e vermelhidão", afirma o dermatologista Ademir Junior, especialista em cuidados masculinos. O especialista afirma que escolher a alternativa de barbear que mais combine com a pele é a melhor tática para evitar essa irritação. "Para descobrir qual o processo que causa menos problema de irritação é preciso experimentar. Tenho pacientes que não podem usar a lâmina comum, mas se dão muito bem com o barbeador elétrico ou com a navalha", diz.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Não force a lâmina

homem fazendo a barba - Foto: Getty Images
homem fazendo a barba - Foto: Getty Images

Forçar a lâmina na pele, para conseguir um resultado mais rente, também traz prejuízos, porque pode provocar ainda mais coceira e vermelhidão. Para não precisar disso, mantenha o aparelho ou a navalha sempre afiado. Assim, o simples contato já é capaz de cortar os pelos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Use espuma de barbear

homem colocando espuma de barbear na mão - Foto: Getty Images
homem colocando espuma de barbear na mão - Foto: Getty Images

Outra dica de Ademir Junior é nunca remover os pelos com o rosto seco. "Existem muitos homens que passam uma camada bem fina de sabonete em barra e acreditam que estão protegendo a pele. O ideal é passar uma espuma ou mousse própria de barbear. Eles aumentam o deslize da lâmina, da navalha ou do barbeador elétrico, diminuindo o atrito. Na falta desses produtos, o condicionador pode quebrar o galho: ele forma uma camada de proteção mais resistente do que a película do sabonete, que ainda pode arder caso haja um corte", diz.

Cuidados pós barba

homem passando creme hidratante no rosto - Foto: Getty Images
homem passando creme hidratante no rosto - Foto: Getty Images

Mas todos os cuidados durante o barbear não dispensam medidas após deixar o rosto lisinho, caso contrário, a irritação pode aparecer. "O contato da lâmina, da navalha ou do barbeador elétrico deixa os poros abertos e expostos, o que torna a pele ainda mais sensível. Por isso é importante usar um hidratante e uma loção calmante que deixe a pele menos sensível", afirma o dermatologista.

Pelo encravado

homem se barbeando - Foto: Getty Images
homem se barbeando - Foto: Getty Images

Evitar os pelos encravados também é possível. Para isso, comece respeitando o sentido de crescimento dos pelos na hora de posicionar a lâmina ou a navalha. Esfoliar a pele também contribui para desobstruir os poros: deixe um creme esfoliante no chuveiro e lembre-se de usá-lo durante o banho. Isso basta para eliminar as impurezas que podem atrapalhar o nascimento dos pelos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Intervalo entre o barbear

Homem se olhando no espelho - Foto: Getty Images
Homem se olhando no espelho - Foto: Getty Images

Espere, ao menos, dois dias para barbear a pele novamente. Esse intervalo é necessário para que os pelos consigam despontar (ou a única remoção realizada é a da oleosidade natural da sua pele). "Mas há casos em que o paciente precisa aguardar até cinco dias para prevenir as irritações", diz o médico. Para descobrir a freqüência ideal, o melhor é prestar atenção na sua pele e ver como ela reage a cada um dos aparelhos usados para tirara barba.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Modo alternativo

homem consultando uma dermatologista - Foto: Getty Images
homem consultando uma dermatologista - Foto: Getty Images

Se você já testou todas as alternativas e cuidados a cima e mesmo assim a pele não se adapta ao barbear, a depilação a laser pode ser uma saída. Ela precisa ser feita durante o inverno, para evitar manchas no rosto, e dói um pouco, mas os resultados compensam: os pelos não chegam a desaparecer completamente, mas diminuem muito.

Lâmina descartável

lâminas descartáveis - Foto: Getty Images
lâminas descartáveis - Foto: Getty Images

Sua lâmina é descartável? Então não se esqueça: ela precisa ser trocada após ter sido usada no máximo, três vezes. "Mais do que do que isso é pedir para irritar a pele. Os fungos ficam presentes na lâmina, o que provoca coceira e vermelhidão, sem esquecer a perda no corte. Com isso, é preciso passá-la várias vezes, removendo a camada de oleosidade natural do rosto", afirma o dermatologista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)