Saiba quando usar pincel, dedo, esponja, e algodão na maquiagem

Aprenda a melhor forma de garantir o efeito desejado em sua produção

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 27/10/2010

As ferramentas para aplicar maquiagem são tantas que, muitas vezes, nem sabemos qual escolher. Há diferentes tipos de pincéis para os mais variados efeitos e até os que desempenham a mesma função. Fora isso, temos esponjas, cotonetes, algodão e as nossas próprias mãos. No entanto, a definição de qual o melhor aplicador para cada cosmético é totalmente pessoal e depende do gosto de cada uma. Listamos algumas possibilidades para eles, confira:

Pincel: sem dúvida é o que oferece mais opções. "Para pele, olhos e boca", simplifica o maquiador Cristiano Silva, do Studio 1838, de São Paulo. Existe um para cada detalhe da maquiagem que você possa imaginar e as possibilidades são infinitas. Vale investir na qualidade do material, que além de durar anos, pode contribuir significativamente para um acabamento mais preciso do make up.

PUBLICIDADE
Saiba quando usar cada acessório - Foto: Getty Images
Aprenda a melhor forma de garantir o efeito desejado na hora da maquiagem

Dedos: dificilmente não os utilizamos para dar uma finalizada no corretivo ou aquela esfumada na sombra. Eles também são ótimos para passar batom sem contornar a boca, dando um ar mais natural. Independente dos apetrechos que utilizamos na hora do make, os dedos podem fazer a maquiagem.

A beauty artist de Hollywood, Strugano Galit, em entrevista ao site Style.com, afirmou ser adepta deles. Segundo a especialista, o calor e o óleo naturais dos dedos beneficiam a aplicação dos cosméticos. Para ela, cada um dos cinco desempenha um papel.

O mindinho é perfeito para os cantinhos. Com ele, o iluminador é usado com precisão. Já a suavidade do anelar proporciona um toque indicado para regiões sensíveis. Prefira-o na hora de aplicar corretivo nas olheiras, espinhas e outras marquinhas. O mais forte de todos, o dedo do meio, molda a maquiagem do olho. É um excelente esfumador. Na hora da sombra, escolha o indicador, forte e suave na medida. Para finalizar, o polegar é colocado entre os lábios para tirar o excesso de batom.

Cotonete: mais usado para corrigir a máscara de olhos borrada, aquela escorregada do lápis ou o excesso de sombra. As hastes de algodão, no entanto, fazem muito bem o papel de esfumador. Elas também podem ser usadas para passar batom ou tirar a oleosidade e a umidade dos olhos antes de aplicar o lápis. Existe, inclusive, cotonetes específicos para maquiagem, com um dos lados mais pontiagudos.

Esponja: as mais comuns são as de látex ou de espuma. As primeiras são para os cosméticos líquidos, cremosos e pastosos. Ótimas para base e corretivo. As outras servem para aqueles em pó. Elas possuem diferentes formatos (triângulo, losango, redonda e oval) para funções específicas. Os triângulos, por exemplo, são indicados para o corretivo no canto dos olhos e nas dobrinhas da boca e nariz. Outra função das esponjas é limpar os excessos do make.

Algodão: eles não servem para aplicar a maquiagem propriamente, mas são indispensáveis na hora de tirar o make. Prefira aqueles em disco, pois o normal solta muita penugem. Uma dica é dar uma umedecida com um pouquinho de água em disquinho e colocar sobre os olhos. Isso evita ficar com os cílios cheios de chumacinhos brancos. Na hora de aplicar o demaquilante, procure fazer o mesmo, sem esfregar muito os olhos para que os cílios não caiam com a máscara para os olhos.