PUBLICIDADE

Hidratante facial: esclarecemos 10 dúvidas sobre o jeito certo de usar

A quantidade, o tipo de creme e a forma de passar influenciam o resultado

Pele hidratada, mais luminosa, protegida da poluição, da radiação solar e dos sinais do envelhecimento precoce. Usar um bom hidratante facial, com FPS, faz muito mais pela saúde da sua pele do que você imagina! Mas na hora de aplicar o creme surge muitas dúvidas que vão desde o tipo indicado até a quantidade e frequência de uso. A seguir, a dermatologista Paula Cabral, da clínica Hagla, no Rio de Janeiro, esclarece as maiores dúvidas sobre o assunto. Depois disso, é só colher todos os benefícios de usar o hidratante.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

1.Qual a melhor hora do dia para passar o hidratante?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O indicado, em geral, é aplicar o hidratante pela manhã, após o banho ou após fazer a higiene matinal) e à noite (após o banho ou a limpeza da pele). Logo após o banho é o momento mais apropriado, porque os poros estão mais "abertos" e a absorção do hidratante é mais eficiente. Antes do filtro solar e da maquiagem também é interessante, porque ajuda a manter a hidratação da pele.

A frequência deve ser orientada pelo seu dermatologista pois isso vai depender do tipo de pele. Uma pele seca, por exemplo, necessita de mais hidratação do que as mistas e oleosas. Outro ponto importante é que a hidratação também acontece de dentro para fora, por isso é fundamental a ingestão de no mínimo 2 litros de água por dia para favorecer a pele.

Hidratante - Foto Getty Images
Hidratante

2. A partir de qual idade é indicado usar o hidratante?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Geralmente, a partir dos 25 anos. Dependendo do tipo de pele e de predisposição a dermatite atópica e psoríase, desde a infância, mas com orientação médica.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

3. Como escolher o tipo de hidratante adequado para cada pele?

Para quem tem a pele seca é necessário recorrer a uma hidratação intensiva e deve-se usar produtos à base de óleo de amêndoas, aloe vera, ureia, entre outros. Já as oleosas necessitam de hidratantes em forma de gel, que atendem a função de proteger, controlar a oleosidade e minimizar o aparecimento de cravos e espinhas. Os hidratantes ideais para pele mista devem ser formulados em gel ou gel-creme e livres de óleo. Já a pele normal se encontra em equilíbrio e deve ser hidratada para permanecer deste modo. Para isso, recomenda-se o uso de hidratantes em loção com base aquosa e fórmulas fluidas. Produtos para este tipo de pele devem conter as vitaminas C, E e A.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Hidratante - Foto Getty Images
Hidratante

4. Como deve ser a composição do creme?

Há três mecanismos que promovem a hidratação da pele. O primeiro tipo de hidratação consiste em impedir a perda de água (processo conhecido como oclusão) pelo uso de substâncias lipídicas, como óleos, emolientes e vaselinas, que têm a função de formar uma película sobre a pele. O segundo procura reter a água nas camadas superficiais da pele (método chamado de umectação) e o último tem como objetivo promover a hidratação celular (hidratação ativa). O hidratante ideal é aquele que alia mais de um tipo de mecanismo de hidratação. Antes de escolher um bom produto, a dica é olhar a sua composição e os princípios ativos. Segue abaixo três deles que fazem parte de uma nova geração de matérias-primas:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

a) G.P.S - Threalose: capaz de intervir sobre a membrana celular e combater a desidratação ou qualquer tipo de estresse, tais como: variações climáticas bruscas (frio ou calor intensos), baixa umidade relativa, desidratação extrema e estresse oxidativo.

b) Aquaporine: melhora a circulação de água entre as células, reforça a reserva natural de água na epiderme, restaura a hidratação, maciez e elasticidade da pele e estimula a renovação e função celular.

c)Laminactinet: nanodispersão de óleo de perilla em liso-fosfolipídeos. Os liso-fosfolipídeos de origem natural melhoram a absorção e penetração dos ativos, além de conferir ação calmante.

5. Como deve ser a textura do creme para cada tipo de pele?

Formulações muito oleosas devem ser evitadas, já que podem levar ao aparecimento de espinhas (acne cosmética).

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Pele oleosa a mista: os hidratantes devem ser leves, fluidos, livres de óleo ("oil free"), com efeito matte que controla a excesso de brilho da pele;

Pele normal: hidratantes como loções, emulsões ou séruns;

Pele seca: hidratantes em creme ou loção cremosa.

6. O hidratante com FPS protege contra a radiação solar mesmo? Qual o FPS adequado nesse caso?

Sim, mas dentro de um período de tempo que está indicado no FPS, por isso é preciso compreender que o FPS significa o número de vezes que deve ser multiplicado ao período que a pele fica vermelha ao se expor ao sol (10 minutos, 15 minutos). Exemplo: Tempo de rubor = 5 minutos multiplicado pelo FPS 50 = 250 minutos de proteção, que corresponde a 4,16 horas de proteção. O FPS mais indicado para hidratantes é o 30. Mas deve haver a reposição ao longo do dia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

7. O hidratante deve ser aplicado depois da base da maquiagem?

Sempre antes, para hidratar e proteger a pele. Aplique o creme quando a pele estiver limpa, após o banho ou a higiene facial.

8. Qual a quantidade certa de hidratante? Passar uma camada muito fina ou muito grossa atrapalha a eficiência do produto?

Toda pele precisa de hidratação, desde que sejam utilizados produtos corretos e adequados ao tipo de pele. Os hidratantes têm como objetivo manter a estrutura da barreira de proteção da pele, tornando-a mais macia, flexível e com melhor textura. Geralmente, as peles mais secas exigem à aplicação de uma camada mais grossa e as peles oleosas a mista uma camada mais fina, por causa do limite de absorção do produto. A quantidade ideal para o rosto e pescoço é uma colher de chá de hidratante. A camada muito fina pode não proporcionar a hidratação adequada.

9. Existe um movimento certo na hora de passar o hidratante facial?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Sim, o ideal são movimentos de dentro para fora na face e de baixo para cima no pescoço.

10. Posso passar um creme para o corpo no rosto?

O ideal é usar o cosmético da face nas regiões do rosto, pescoço e colo. Não é recomendado usar o creme do corpo no rosto. Os ativos e o veículo de um creme para o corpo geralmente não são adequados para o rosto, podendo causar problemas como acne cosmética, irritações e alergias.