Minha Vida - Saúde, Alimentação e Bem-Estar

Hidratante facial: esclarecemos 10 dúvidas sobre o jeito certo de usar

A quantidade, o tipo de creme e a forma de passar influenciam o resultado

Por Minha Vida - publicado em 10/12/2010


Pele hidratada, mais luminosa, protegida da poluição, da radiação solar e dos sinais do envelhecimento precoce. Usar um bom hidratante facial, com FPS, faz muito mais pela saúde da sua pele do que você imagina! Mas na hora de aplicar o creme surge muitas dúvidas que vão desde o tipo indicado até a quantidade e frequência de uso. A seguir, a dermatologista Paula Cabral, da clínica Hagla, no Rio de Janeiro, esclarece as maiores dúvidas sobre o assunto. Depois disso, é só colher todos os benefícios de usar o hidratante.

1.Qual a melhor hora do dia para passar o hidratante?
O indicado, em geral, é aplicar o hidratante pela manhã, após o banho ou após fazer a higiene matinal) e à noite (após o banho ou a limpeza da pele). Logo após o banho é o momento mais apropriado, porque os poros estão mais "abertos" e a absorção do hidratante é mais eficiente. Antes do filtro solar e da maquiagem também é interessante, porque ajuda a manter a hidratação da pele.

A frequência deve ser orientada pelo seu dermatologista pois isso vai depender do tipo de pele. Uma pele seca, por exemplo, necessita de mais hidratação do que as mistas e oleosas. Outro ponto importante é que a hidratação também acontece de dentro para fora, por isso é fundamental a ingestão de no mínimo 2 litros de água por dia para favorecer a pele.  

Hidratante

2. A partir de qual idade é indicado usar o hidratante?
Geralmente, a partir dos 25 anos. Dependendo do tipo de pele e de predisposição a dermatite atópica e psoríase, desde a infância, mas com orientação médica.

3. Como escolher o tipo de hidratante adequado para cada pele?
Para quem tem a pele seca é necessário recorrer a uma hidratação intensiva e deve-se usar produtos à base de óleo de amêndoas, aloe vera, ureia, entre outros. Já as oleosas necessitam de hidratantes em forma de gel, que atendem a função de proteger, controlar a oleosidade e minimizar o aparecimento de cravos e espinhas. Os hidratantes ideais para pele mista devem ser formulados em gel ou gel-creme e livres de óleo. Já a pele normal se encontra em equilíbrio e deve ser hidratada para permanecer deste modo. Para isso, recomenda-se o uso de hidratantes em loção com base aquosa e fórmulas fluidas. Produtos para este tipo de pele devem conter as vitaminas C, E e A. 

Hidratante

4. Como deve ser a composição do creme?
Há três mecanismos que promovem a hidratação da pele. O primeiro tipo de hidratação consiste em impedir a perda de água (processo conhecido como oclusão) pelo uso de substâncias lipídicas, como óleos, emolientes e vaselinas, que têm a função de formar uma película sobre a pele. O segundo procura reter a água nas camadas superficiais da pele (método chamado de umectação) e o último tem como objetivo promover a hidratação celular (hidratação ativa). O hidratante ideal é aquele que alia mais de um tipo de mecanismo de hidratação. Antes de escolher um bom produto, a dica é olhar a sua composição e os princípios ativos. Segue abaixo três deles que fazem parte de uma nova geração de matérias-primas:

a) G.P.S - Threalose: capaz de intervir sobre a membrana celular e combater a desidratação ou qualquer tipo de estresse, tais como: variações climáticas bruscas (frio ou calor intensos), baixa umidade relativa, desidratação extrema e estresse oxidativo.

b) Aquaporine: melhora a circulação de água entre as células, reforça a reserva natural de água na epiderme, restaura a hidratação, maciez e elasticidade da pele e estimula a renovação e função celular.

c)Laminactinet: nanodispersão de óleo de perilla em liso-fosfolipídeos. Os liso-fosfolipídeos de origem natural melhoram a absorção e penetração dos ativos, além de conferir ação calmante. 

5. Como deve ser a textura do creme para cada tipo de pele?
Formulações muito oleosas devem ser evitadas, já que podem levar ao aparecimento de espinhas (acne cosmética).

Pele oleosa a mista: os hidratantes devem ser leves, fluidos, livres de óleo ("oil free"), com efeito matte que controla a excesso de brilho da pele;

Pele normal: hidratantes como loções, emulsões ou séruns;

Pele seca: hidratantes em creme ou loção cremosa.

6. O hidratante com FPS protege contra a radiação solar mesmo? Qual o FPS adequado nesse caso?
Sim, mas dentro de um período de tempo que está indicado no FPS, por isso é preciso compreender que o FPS significa o número de vezes que deve ser multiplicado ao período que a pele fica vermelha ao se expor ao sol (10 minutos, 15 minutos). Exemplo: Tempo de rubor = 5 minutos multiplicado pelo FPS 50 = 250 minutos de proteção, que corresponde a 4,16 horas de proteção. O FPS mais indicado para hidratantes é o 30. Mas deve haver a reposição ao longo do dia.

7. O hidratante deve ser aplicado depois da base da maquiagem?
Sempre antes, para hidratar e proteger a pele. Aplique o creme quando a pele estiver limpa, após o banho ou a higiene facial. 

8. Qual a quantidade certa de hidratante? Passar uma camada muito fina ou muito grossa atrapalha a eficiência do produto?
Toda pele precisa de hidratação, desde que sejam utilizados produtos corretos e adequados ao tipo de pele. Os hidratantes têm como objetivo manter a estrutura da barreira de proteção da pele, tornando-a mais macia, flexível e com melhor textura. Geralmente, as peles mais secas exigem à aplicação de uma camada mais grossa e as peles oleosas a mista uma camada mais fina, por causa do limite de absorção do produto. A quantidade ideal para o rosto e pescoço é uma colher de chá de hidratante. A camada muito fina pode não proporcionar a hidratação adequada.

9. Existe um movimento certo na hora de passar o hidratante facial?
Sim, o ideal são movimentos de dentro para fora na face e de baixo para cima no pescoço.

10. Posso passar um creme para o corpo no rosto?
O ideal é usar o cosmético da face nas regiões do rosto, pescoço e colo. Não é recomendado usar o creme do corpo no rosto. Os ativos e o veículo de um creme para o corpo geralmente não são adequados para o rosto, podendo causar problemas como acne cosmética, irritações e alergias. 


Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."