PUBLICIDADE

Como a sua dieta reflete no cabelo

A sua alimentação também influencia a saúde dos fios

A busca pelo peso ideal é um dos maiores tormentos para as pessoas, independente do sexo. A briga com a balança, por objetivos estéticos ou de saúde, afeta um número grande de indivíduos. Emagrecer está ligado a uma série de fatores como atividade física, sono regular, alimentação equilibrada, porém é raro ver pessoas aplicando esta fórmula saudável para diminuir medidas.

As famosas dietas milagrosas ocupam lugar de destaque, causando, muitas vezes, males psicológicos - depressão ou agressividade - e físicos - efeito sanfona, quedas de pressão, perda de nutrientes e vitaminas. Mas o que isso tem a ver com o nosso cabelo? Tudo: o cabelo necessita, diariamente, de vitaminas, sais e proteínas para mantê-lo sempre saudável. As perdas destes fatores ocorrem pela falta de ingestão de alimentos balanceados, levando o organismo a utilizar o estoque de lipídios para a produção de energia. Com isso, várias partes do corpo se enfraquecem, inclusive o cabelo, que fica com aparência opaca, quebradiça e com perda

demasiada de fios.

Regimes sem acompanhamento médico podem levar à queda capilar, principalmente em mulheres e ainda, provocar calvície. Em algumas dietas, os fios perdem suas resistências e se quebram. Em casos menos graves, podem aparecer pontas duplas, ressecamento pela falta de água no organismo.

Antes de iniciar uma dieta, é preciso consultar um médico para avaliar sua necessidade física. Pode parecer mera coincidência, mas a maioria das pessoas em regime deixa de cortar os cabelos na intenção de que eles cresçam mais, em menos tempo. Puro engano!

O cabelo, assim como a unha, é considerado queratina e necessita de estímulos para o crescimento. No caso das madeixas, o corte é fundamental, principalmente quando nosso metabolismo está em fase de mudanças.

A mulher possui escalas de hormônios diferenciadas dos homens e têm picos altíssimos de estrógeno quando deixa de comer, por isso, ao iniciarem regimes elas ficam mais ansiosas e têm seu sistema nervoso alterado.

O cabelo também sofre as conseqüências das mudanças metabólicas e precisa se alimentar. Tanto é verdade, que em pessoas depressivas, ocorre queda de cabelos em 100% dos casos, porque depressivos perdem o apetite.

Assim, regimes fora de controle vão apenas prejudicar um dos pontos mais importantes da vaidade feminina: o cabelo. Então, antes de começar uma dieta maluca, procure um especialista que avaliará seu caso.

Algumas dicas que vão ajudar a manter o seu cabelo mais saudável e bonito:
- Beba bastante água;
- Evite bebidas alcoólicas que possuem radicais livres e prejudicam os fios,
- Mantenha o corte em dia, pelo menos a cada três meses;
- Hidratações ajudam a evitar ressecamento;
- Faça exercícios: isso elimina toxinas do

corpo, principalmente do couro cabeludo.

Gennaro Preite é cabeleireiro e consultor técnico da Condor, líder nacional na fabricação de escovas para o cabelo.

Você já mudou a sua alimentação para ficar com o cabelo mais bonito?



NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)