Finalizadores deixam seu cabelo lindo, nem que seja na marra

Pomada, mousse, spray e outros produtos que fazem milagres nos fios

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 31/01/2008

Tem dias que nem a escova resolve. O cabelo insiste em ficar desajeitado e sua paciência segue pelos ares, principalmente quando não há tempo ou dinheiro para recorrer a um bom salão de beleza. Nessas horas, o desespero não ajuda em nada. Mas alguns truques fazem a diferença , segreda o cabeleireiro Caio Matos, do Espaço D, em Curitiba. Existem muitos finalizadores que deixam os fios ótimos, mesmo quando está difícil acabar com a rebeldia. (faça uma avaliação de beleza grátis)

Pomada, mousse, spray, fluido de silicone, leave-in... a lista é grande e exige certa habilidade de quem resolve experimentar. Mas nada muito complicado, pode até dar um friozinho na barriga na primeira vez, e só.Depois de se olhar no espelho, você nunca mais vai abrir mão deles , completa o cabeleireiro Rodrigo Cintra, do De La Lastra.Abaixo, essa dupla de especialistas dá as dicas para quem não agüenta mais sentir calafrios a cada vez que precisa lavar os cabelos, já que não sabe com que cara eles vão ficar depois de secos. Aprenda a domar os fios e relaxe! (conheça a progressiva de mel)

Fluido de brilho: ele é mais líquido do que o silicone, velho conhecido das cabeleiras mais rebeldes. Além de dar brilho, ele também protege os fios contra os queimados do sol e o ressecamento e ajuda a desembaraçar , ensina Caio. Mas nada de empapar o cabelo com ele.

Como forma uma película sobre os fios, o reparador pode acabar maquiando um problema, que irá se agravar , completa Rodrigo. É o caso de pontas muito quebradiças: se não forem tratadas logo, elas acabam obrigando você a cortar mais o cabelo do que teria vontade. A dica é espalhar o produto só no comprimento, nos fios secos ou molhados.

Pomada: está disponível nas versões seca e oleosa. Fique sempre com a primeira, que mantém o penteado por mais tempo , diz o profissional do De La Lastra. A mais oleosa derrete, vai parar na raiz do cabelo, desmanchando a produção.

Coloque um pouco na palma da mão e esfregue até que ela suma. Então, passe a mão no cabelo, modelando como você preferir. Também é útil nos fios secos ou molhados, arrepiando as pontas (uma opção incrível nos cortes curtos), controlando o volume, definindo os cachos ou amassando as pontas trata-se do chamado efeito Gisele, em homenagem à top famosa pelos penteados sensualmente desgrenhados. (os cortes repicados têm muitas vantagens)

Mousse: o produto é aliado indispensável das mulheres que penam com cachos indefinidos. Além de dar um volume bonito ao cabelo, a mousse define as formas. Ela forma uma película, engrossando os fios , explica Rodrigo. Para o melhor resultado, a dica é usar a espuma com o cabelo molhado. Encha uma mão com o spray e, com os cabelos todos jogados para a frente e para baixo, comece espalhando da raiz para as pontas. Na seqüência, seque com o difusor.

Spray: dois em um. Esta é uma das vantagens de ter um spray fixador sempre às mãos. No cabelo seco, ele é aliado das mulheres que sofrem com fios minguados. Depois de fazer a escova, com o penteado já em ordem, aplique à distância (para não molhar o cabelo e desmanchar o trabalho) , ensina Caio.

A técnica é perfeita para dar um jeito na rebeldia da franja. A fixação aumenta quando o produto é usado nos fios ainda molhados. Nesse caso, aproxime a lata da cabeça e use à vontade. A idéia é mesmo que o cabelo fique duro, bem firme. E, para sair, só mesmo lavando , diz Rodrigo. (adie os retoques na tintura)

Leave-in: os cremes sem enxágüe resolvem sua vida naqueles dias em que não há tempo para usar o secador. Lave o cabelo normalmente, com o xampu e o condicionador de sua preferência. Então, aplique um leave-in desde o meio dos fios até as pontas, penteando em seguida.

Melhor ainda se o produto tiver proteção solar. Mas nada de usar o condicionador como leave-in. Isso deixa o cabelo muito oleoso e pesado, além de abrir a cutícula dos fios, deixando-os sem brilho , ensina Rodrigo Cintra.

Gel: hoje em dia ele é pouco usado. Mas, por ser fácil de encontrar, vale a pena saber como ele pode salvar sua pele. A melhor pedida é aplicar no cabelo molhado e pentear como você quer que ele fique.

Geralmente, passamos o gel no cabelo molhado. Existem versões líquidas que são fáceis de espalhar e, por isso, facilitam na hora da modelagem , afirma Caio. Comece penteando da raiz até as pontas ou até o ponto em que você deseja manter a fixação. O produto só sai depois de lavar. (faça em casa uma escova como a do salão)

Silicone: bem consistente, ele continua com adeptas fiéis (mesmo depois do sucesso dos fluidos de brilho). Se você gosta de ter um vidrinho na bolsa, ótimo. Porque é bem simples conseguir resultados: basta aplicar uma gota do tamanho de uma moeda de 10 centavos na palma da mão e espalhar principalmente nas pontas, dando fim naquela aparência de choque elétrico.





PUBLICIDADE