Celulite: reduzir a gordura localizada é suficiente?

Entenda se tratamentos para gordura podem ter efeito positivo na celulite

ARTIGO DE ESPECIALISTA - ATUALIZADO EM 26/09/2016

Taynara Lima
Fisioterapia - CREFITO 178459-F/RJ
especialista minha vida

A celulite é uma desordem metabólica que se apresenta no tecido subcutâneo (abaixo da primeira camada da pele) e promove algumas alterações no contorno corporal, principalmente feminino. Celulite, lipodistrofia ginoide ou fibroedema ginoide são nomenclaturas diferentes desse processo que pode ter como um dos fatores predisponentes a disfunção hormonal e como fator determinante o péssimo hábito alimentar.

PUBLICIDADE

O que se come e as desordens hormonais são tão importantes nos casos de celulite quanto o fator genético, o gênero - as mulheres podem ser mais propensas ao quadro de celulite pela forma como se dispõem as células do tecido subcutâneo e também por conta do hormônio feminino estrogênio -, os fatores emocionais, o sedentarismo e o tabagismo, entre outros.

Não é tão incomum observar a presença de gordura localizada em determinada área e junto dela a celulite. Isso se dá porque há aumento de tamanho das células de gordura e mudança em seu aspecto, com aumento da área, comprimindo mais os vasos locais. Isso dificulta a circulação e há consequente diminuição da oxigenação tecidual e do metabolismo, causando aumento da retenção de líquido e inchaço. Esse quadro pode ser mais leve ou mais intenso, dependendo da fase da celulite, e apresentar na pele variações diferentes, edema (inchaço) e até mesmo dor na área. Entretanto, não se pode confundir celulite com obesidade, até porque na obesidade as células adiposas aumentam também em quantidade, e não só alteram seu tamanho, entre outras diferenças importantes.

Os tratamentos para gordura localizada podem atuar positivamente sobre a celulite, dependendo do grau em que ela se encontra. Quando se escolhe um programa de tratamento específico para diminuição ou quebra de tecido adiposo em determinada região, ao influenciar o tamanho das células de gordura, influencia-se também a diminuição da compressão sobre os vasos locais. Isso possibilita melhora na circulação, maior oxigenação da área e diminuição da retenção de líquido, com consequente melhora do quadro de celulite.

Portanto, dependendo do grau em que se encontra a celulite e dos efeitos negativos já causados por ela, nem sempre é suficiente o tratamento de gordura localizada, até porque fatores como hormônios, idade, hábitos alimentares e tabagismo podem ser fortes influências para o quadro.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)