Celulite graus 3 e 4: quais os tratamentos disponíveis?

Esses graus mais avançados pedem cuidados mais específicos e nem sempre são curáveis

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 14/06/2016

Taynara Lima
Fisioterapia - CREFITO 178459-F/RJ
especialista minha vida

A celulite, também conhecida como lipodistrofia ginoide, é um problema que interfere na aparência da pele, principalmente das mulheres, e pode ser classificada em graus, de acordo com sua evolução e aspectos da pele. É comum visualizar graus de 1 a 4 para celulite. Veja cada um deles:

PUBLICIDADE
  • Grau 1: a celulite se apresenta caso o tecido seja comprimido ou haja contração da musculatura, não há dor
  • Grau 2: as alterações no tecido são visíveis sem a compressão ou contração muscular, apenas na inspeção, há um quadro pequeno de dor e perda de temperatura na região
  • Grau 3: a celulite é visível em qualquer posição, a pele parece um "saco de nozes", existe grande dor na região ao toque e grande perda de temperatura também
  • Grau 4: o quadro é igual ao grau 3, porém os nódulos na região e as alterações são mais palpáveis e visualmente mais acentuados, bem como mais dolorido. É comum observar nítidas ondulações na superfície da pele.

As celulites de grau 3 e 4 são mais avançados e dificilmente curáveis. É possível que algumas técnicas ou tecnologias auxiliem nesses quadros, ajudando na reabsorção do edema (inchaço), na dor, na melhora da circulação local e, dependendo da técnica, se houver uso de calor local, na oxigenação do tecido, entre outros. Veja as opções:

Tratamentos para celulite grau 3

Para a celulite de grau 3, pode-se optar pela drenagem linfática manual como terapia complementar, pensando na melhora do acúmulo de líquido na região. Mas o uso de fonoforese (ultrassom estético de 3 MHz com poder anti-inflamatório e com administração de ativos, também, através do gel condutor utilizado), ultrassom combinado à corrente estereodinâmica (que estimula o aumento de metabolismo local e ativa os capilares) e tecnologias que unam infravermelho, radiofrequência bipolar, suave pressão negativa e massagem mecânica também ajudam na regressão do quadro celulítico.

Tratamentos para celulite grau 4

Na celulite de grau 4, embora as técnicas citadas para o grau 3 sejam possíveis para melhorar o aspecto da celulite, elas não são suficientes. Esse grau pode comportar indicação cirúrgica de procedimentos como a subcisão, que é uma técnica cirúrgica, muitas vezes realizada em ambulatório, que aborda as depressões teciduais, deslocando os cordões de fibrose (fibras endurecidas pelo acúmulo de colágeno). Esse procedimento requer anestesia e uso de estilete específico em forma de agulha.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Entende-se que qualquer informação ou abordagem no tecido com celulite pode colaborar para sua melhora, mas não necessariamente em larga escala, por isso, vale uma boa avaliação por profissional capacitado e através do entendimento do grau de celulite, uma boa indicação de tratamento com métodos e propostas corretas.