PUBLICIDADE

7 passos essenciais para manter a pele hidratada o dia todo

Hidratar a pele diariamente é muito importante não apenas para manter o brilho e o viço, mas também para a saúde

Hidratar a pele diariamente é muito importante não apenas para manter o brilho e o viço, mas também é fundamental para a saúde.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"O manto hidrolipídico natural da pele hidratada funciona como uma espécie de película protetora, que impede que agentes externos, como fungos, bactérias e vírus, afetem nossa pele causando algum tipo de doença", explica a dermatologista Meire Parada, colaboradora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Manter a hidratação em dia ajuda a conservar essa proteção natural e também evita que uma pele ressecada sofra descamação, o que poderia contribuir para a formação de dermatites e eczemas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Manter a hidratação em dia ajuda a conservar essa proteção natural e também evita que uma pele ressecada sofra descamação, o que poderia contribuir para a formação de dermatites e eczemas.

1 - Fazer uso de hidratantes logo após o banho

O momento em que saímos do banho é quando nossa pele absorve melhor os produtos que usamos e, portanto, o mais indicado para fazermos a hidratação da pele.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Quando você toma banho, deixa a pele mais permeável à penetração do creme hidratante. Isso faz com que a pele absorva muito mais os produtos que você aplica na superfície", explica Meire.

2 - Investir em óleos naturais

Diferente dos cremes hidratantes, os óleos não costumam ser absorvidos pela pele, mas atuam como uma espécie de película que se mantém na superfície da derme por até 24 horas, ajudando a impedir a desidratação.

Com exceção do rosto, eles podem ser usados no corpo todo para ajudar a manter hidratação natural da pele ao longo do dia.

"Os óleos são mais indicados para as áreas mais ressecadas do corpo. Além disso, ajudam a proteger a pele porque se mantêm na superfície, dificultando a penetração dos micro-organismos e ajudando a evitar as doenças de pele", esclarece Meire.

3 - Tomar banhos mais curtos e mais frios

Passar muito tempo no banho quente pode afetar a proteção natural das camadas superficiais da pele. Para evitar que isso aconteça, a dica é investir em banhos mais frios e rápidos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"A hidratação da pele começa no banho. O tempo frio costuma fazer com que as pessoas aumentem muito a temperatura da água do banho, o que retira a oleosidade natural da pele, deixando-a mais ressecada. Para não prejudicar a hidratação da pele, o banho ideal deve ser rápido, morno, sem esponja, uma vez ao dia e com pouco sabonete", aconselha a dermatologista Márcia Purceli, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

4 - Intensificar a rotina de hidratação de acordo com as mudanças climáticas

Nossa pele sofre com as alterações climáticas. Quando o tempo está mais seco, o ambiente naturalmente rouba água do organismo, deixando a pele ressecada.

"Quando acontece uma diminuição grande na umidade do ar, nós precisamos reforçar os cuidados para manter a hidratação da pele. Os banhos devem ser ainda mais frios e rápidos e precisamos intensificar a rotina de hidratação", afirma a dermatologista Meire Parada.

5 - Beber líquidos

A hidratação também vem de dentro para fora, por isso, é importante mantermos todo o organismo - e não apenas a pele - hidratado. O melhor caminho é beber líquidos o dia todo. Os dois litros de água indicados no verão, também valem para o inverno.

"Beber muito líquido é fundamental para garantir a hidratação da derme e melhorar o viço", garante Márcia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

6 - Tomar cuidado com fatores externos

Evitar se expor ao sol (principalmente sem protetor solar), tomar vento e frequentar ambientes com baixa umidade, além de ter cuidado com o calor excessivo, são hábitos que ajudam a manter a hidratação da pele.

"O clima influencia muito a condição de hidratação da pele, não só do rosto como do corpo todo. A pele do rosto, por exemplo, é muito sensível ao vento. Por isso, nunca devemos expor essa região sem usar um bom hidratante, que deve ser passado antes do filtro solar, logo pela manhã", explica a dermatologista Márcia, lembrando que o filtro solar é essencial para manter a saúde da pele e proteger, inclusive, contra doenças como o câncer.

Além disso, a médica ressalta que o clima muito quente aumenta a sudorese em determinadas áreas, como as dobras, o que pode facilitar o desenvolvimento de foliculites e candidíases.

A dermatologista Meire Parada reforça ainda a necessidade de atenção com ambientes com baixa umidade, já que lugares mais secos retiram a água do organismo e favorecem o ressecamento da pele.

7 - Escolher o produto ideal para o seu tipo de pele

Conhecer o seu tipo de pele é fundamental na hora de escolher os produtos certos, que atendam às necessidades da sua pele, e assim obter o efeito desejado da hidratação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Principalmente no rosto, é preciso avaliar se a pele é oleosa, seca, mista ou normal para podermos utilizar o produto ideal. É muito importante pedir ao dermatologista que oriente que tipo de hidratante é melhor para cada pessoa", explica Meire.

"Vale a pena lembrar que a pele do rosto é diferente da pele do corpo. Isso acontece pela composição histológica da pele, ou seja, quanto maior a quantidade de glândulas sebáceas, mais oleoso é o local", completa Márcia.