Deixe as unhas fortes e bonitas sem sair de casa

Com cuidados simples, você consegue obter resultados de salão

Francesinha, curta, comprida, redonda, quadrada, não importa como elas estejam. As unhas também passam por mudanças que acompanham a moda e deixam as mulheres bem preocupadas. Afinal, a mão está visível o tempo todo e é alvo certo dos olhares.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Acompanhando ou não os estilos, se estiverem mal tratadas são sinônimos de mãos feias, descuidadas e envelhecidas. A unha é o apêndice mais duro do nosso corpo, porém está susceptível às alterações das mais variadas, que comprometem diretamente sua estética. Portanto, em casa ou no salão você precisa ficar atenta, principalmente, com os utensílios utilizados. Procure não dividir alicates e lixas e, nas idas a manicure, verifique se foram esterilizadas. Dessa forma, você não corre risco de se contaminar com bactérias que podem, até, fazer com que a unha caia. Inicialmente, os cuidados devem se voltar para o corte, que nos cantos nunca deve ser profundo para não encravar.

Não se deve remover totalmente as cutículas, pois a película tem a função de proteger contra fungos e bactérias. A remoção freqüente e excessiva pode levar às infecções repetidas e alterar a estrutura.

Esmaltá-las constantemente provoca o ressecamento e, como conseqüência, unhas quebradiças. Para prevenir, deve-se dar um intervalo - pelo menos de uma semana a cada três - no uso do esmalte e, neste período, aplicar cremes hidratantes ou óleos.

O aparecimento de linhas transversais ou longitudinais está ligado aos traumatismos constantes do dia a dia. Unhas descoladas e esbranquiçadas revelam a presença de micose causada por fungos ou ainda psoríase. Para identificar, é necessário um exame clínico e laboratorial, porém sempre há um tratamento para cada caso.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)