Cicatriz de abdominoplastia: etapas e cuidados necessários

Cuidados básicos podem fazer total diferença no resultado da cicatrização

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 16/02/2017

Dr. Marcelo Wulkan
Cirurgia Plástica - CRM 108732/SP
especialista minha vida

O verão no Brasil sempre estimulou as pessoas a cuidar mais do corpo, não só da parte da saúde, mas também no que se refere à estética corporal. Por isso, a abdominoplastia se popularizou tanto entre as mulheres, uma vez que ela remodela a silhueta e pode corrigir a temida "barriguinha".

PUBLICIDADE

Entretanto, um dos principais temas abordados quando o assunto é abdominoplastia são as futuras cicatrizes. Neste artigo, vamos aprofundar um pouco mais esse tema e ressaltar as etapas e cuidados necessários para uma boa cicatrização e recuperação.

Antes de fazer a abdominoplastia:

  • Prepare a casa e familiares para ajudar no pós operatório, evitando obstáculos no caminho, escadas e camas muito altas que dificultam a subida/descida do paciente
  • Cigarro é inimigo da cicatrização e aumenta muito as complicações da cirurgia. Se for operar, não fume
  • A abdominoplastia é uma das cirurgias mais realizadas pelos cirurgiões plásticos. No entanto, existem outros médicos não cirurgiões plásticos que estão realizando essa cirurgia. Para maximizar sua segurança, verifique se o médico faz parte da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Local da cicatriz

A abdominoplastia é a cirurgia que retira o excesso de pele e gordura da parte de baixo da barriga, especialmente aquela parte que fica bem à vista quando nos sentamos. Existem dezenas de técnicas e variantes, mas geralmente o cirurgião plástico realiza uma incisão na parte de baixo do abdômen, região que fica escondida pelos peças de roupa íntima.

Tamanho da cicatriz

O tamanho da cicatriz varia conforme o excesso de pele. Se o excesso for até as partes do lado da barriga, a cicatriz chega até esses locais. Se for mais centralizada, a cicatriz pode ficar quase tão pequena como de uma cesárea.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Apenas durante a consulta médica com o cirurgião plástico será possível estimar o tamanho final da cicatriz pois não existe uma técnica universal na abdominoplastia, mas uma abordagem personalizada conforme a necessidade do paciente.

Qualidade da cicatriz

Outro ponto que preocupa o paciente é a aparência e qualidade da cicatriz. É comum ficar ansioso com o resultado final, mas o corpo precisa de um tempo para cicatrizar.

É absolutamente normal a cicatriz ficar avermelhada por vários meses, isso demonstra que ela está ativa e em fase de amadurecimento. Ao redor de um ano, o aspecto da cicatriz já está mais claro e de melhor aspecto. É importante que o paciente siga as orientações pós-operatórias corretamente para monitorar a qualidade da cicatriz; se necessário, o médico pode orientar pomadas ou injeções na cicatriz para melhorar a qualidade.

Mesmo assim, é importante saber que cada pessoa tem uma qualidade de cicatrização. Se o paciente já é portador de cicatrizes conhecidas como hipertróficas ou queloides, deve-se estar ciente dos riscos altos de surgirem cicatrizes de má qualidade nas incisões da abdominoplastia. Tudo deve ser conversado previamente com seu cirurgião plástico para tentar amenizar ao máximo o mau resultado da cicatriz.

Etapas da cicatrização da abdominoplastia

O processo de cicatrização é muito importante e pede cuidados especiais. Para facilitar, dividimos em 3 etapas: antes, durante e após a cirurgia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Antes da cirurgia

O paciente precisa se certificar que está nutricionalmente bem e que não tem doenças que possam dificultar a cicatrização, como doença de tireóide e diabetes.

Durante a cirurgia

A responsabilidade é exclusiva do médico. Ou seja, trata-se da técnica cirúrgica e do cuidado com o curativo. Atualmente existem curativos com fita e cola biológica que fecham a ferida sem a necessidade de dar pontos na pele. Não é consenso que esses curativos são melhores, mas são extremamente confortáveis e muitos pacientes têm preferido essa abordagem.

Após a cirurgia

O cuidado deve ser bem grande:

  • Deve-se evitar esforços e exercícios físicos nas primeiras semanas
  • Siga todas as orientações do cirurgião que te operou e não das suas amigas. Cada paciente tem uma necessidade e orientação particularizada
  • O uso da cinta abdominal é recomendado usualmente por no mínimo 4-6 semanas
  • O médico pode recomendar pomadas a serem usadas na cicatriz, laser ou outro tratamento dermatológico
  • O acompanhamento de perto com seu cirurgião é fundamental para mais chances de boa qualidade na cicatriz
  • Se durante a cirurgia for realizada lipoaspiração também, é importante fazer sessões de drenagem linfática assim que o médico permitir
  • O cuidado com o sol é importante. Deve-se evitar expor a região operada, especialmente se tiver manchas roxas/avermelhadas
  • Use sempre filtro solar se for na praia, mas apenas quando seu médico permitir
  • Usualmente, o filtro solar deve ser usado por no mínimo 6 meses na cicatriz, caso ela seja exposta ao sol.

Este artigo foi redigido pelo cirurgião plástico Dr. Marcelo Wulkan (CRM 108732/RQE 28948), que possui doutorado pela USP e é membro da Sociedade Americana e Brasileira de Cirurgia Plástica

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)