publicidade

Mude a dieta para fazer seu cabelo crescer

Dietas radicais e hormônios desregulados estão por trás do problema

Por Minha Vida - publicado em 06/02/2009


Quando pensa em experimentar um corte mais ousado ou fazer uma tintura você pensa mil vezes: como seu cabelo não cresce, qualquer tratamento dura muito mais do que o previsto. "Disfunções dos hormônios sexuais e da tireóide, além de deficiências nutricionais são algumas das causas para os problemas de crescimento do cabelo", afirma o dermatologista Ademir Jr., especialista em tricologia (medicina capilar) e integrante da Sociedade Brasileira de Medicina Estética.

Deficiências nutricionais, anemia e dietas rigorosas demais também estão relacionadas aos fios preguiçosos. Segundo o médico, isso acontece porque há uma diminuição no metabolismo das células capilares, impedindo tanto o desenvolvimento de fios mais fortes como o bom crescimento deles.

Para começar a reverter essa situação, o primeiro passo é mudar seus hábitos à mesa. Proteínas e gorduras poliinsaturadas devem fazer parte da sua dieta. Peixes, cortes magros de carne vermelha, nozes e castanhas são alimentos cujos nutrientes acabam usados na construção das fibras capilares.

O consumo de suplementos de vitaminas (A, B5, B6, B2, C, E, P), aminoácidos (cistina, cisteína, metionina) e minerais (Zinco, ferro, selênio, silício) também é uma alternativa, mas deve ser prescrito pelo médico ou pela nutricionista. Só esses profissionais têm condições de avaliara exatamente o tipo de deficiência que está atrapalhando o crescimento do seu cabelo.

Já o xampu, em si, interfere muito pouco na solução do problema. De qualquer forma, se você quiser investir em produtos específicos, procure fórmulas com princípios ativos que estimulam a circulação, como é o caso dos óleos essenciais e dos nicotilatos. Ao lavar, faça uma massagem vigorosa no couro cabeludo (isso estimula o crescimento). Mas só use os dedos, e não as unhas.

O dermatologista lembra que uma pessoa com queda de cabelo não necessariamente tem problema no crescimento dos fios. Há casos em que os dois problemas coincidem, mas isso não é uma regra. E esqueça a idéia de que prender os cabelos dificulta o crescimento: alguns elásticos ou presilhas fazem com que os fios se quebrem com facilidade, mas é só. Também não acredite nos mitos que apontam químicas (tintura e progressiva) e lavagens como responsáveis pelas falhas no comprimento.

A terapia para os cabelos voltarem a crescer inclui, além de loções específicas, boa alimentação e a correção dos problemas hormonais, quando é o caso. Em geral, após três meses de acompanhamento médico, você já nota o crescimento voltando ao normal. Em média, o cabelo cresce 1,2cm por mês. "Estimular o crescimento seria fazer com que ele crescesse em média mais 1 ou 2 milímetros do que ele cresce naturalmente, ou seja, se em 10 meses o cabelo cresce 12 cm, quando em tratamento ele poderá crescer 13 ou 14cm", afirma o médico.


Faça sua avaliação de peso. É rápida e gratuita Seu peso dos sonhos é o ideal para você?

Responda a avaliação e descubra se seu peso
atual e sua meta de emagrecimento são saudáveis.

Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Mais sobre:

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X