Cirurgia plástica: você está preparado para ela?

O processo pode ser longo até enxergar os resultados, por isso, é preciso ser paciente

POR ANDRESSA BASILIO - PUBLICADO EM 22/09/2010

Cirurgia plástica, fazer ou não? A decisão não é fácil, e não deve ser mesmo, afinal você sofrerá mudanças no seu corpo, aquele com o qual você está desde sempre acostumada (o). Isso pode ser traumatizante num primeiro momento, gerando até arrependimentos.

"Toda cirurgia gera estresse, em menor ou maior grau. Não dá para falar que é tudo fácil", acredita o cirurgião plástico Ruben Penteado. Porém, sabendo escolher a cirurgia da maneira correta, refletindo bem sobre a questão e, conversando com os cirurgiões, amigos e familiares, esse procedimento pode ser um caminho importante para elevação da autoestima. Confira abaixo, algumas questões para que você descubra se está orientado o suficiente para ir em frente com a plástica.

1/8

Em geral, qual deve ser o motivo de uma cirurgia plástica?

2/8

Você costuma seguir recomendações médicas, desde cuidados com a alimentação, até o uso de protetores solares e a prática de atividades físicas?

3/8

A partir de qual idade dá para fazer uma cirurgia plástica?

4/8

Quanto tempo demora para que haja total recuperação do corpo?

5/8

A melhora na aparência física é imediata?

6/8

Hoje em dia, devido ao avanço tecnológico, a cirurgia plástica é isenta de complicações e dor. Esta afirmação é:

7/8

A pessoa que vive sofrendo com o efeito sanfona encontra na lipoaspiração uma solução imediata para o problema?

8/8

Quais critérios é preciso levar em conta para se escolher bons profissionais da área?