Minha Vida - Saúde, Alimentação e Bem-Estar

Dormir mal aumenta chances de hipertensão

Saúde do sono interfere em problemas cardiovasculares

Por Minha Vida - publicado em 26/01/2011


Previna a hipertensão

É um erro pensar que os problemas do sono atingem apenas o dia seguinte. O desgaste e a falta de vontade que uma noite mal dormida proporciona são sintomas claros das anomalias dos insones, por exemplo. Contudo, quem não consegue viver em paz com o travesseiro pode carregar enfermidades que vão muito além do cansaço depois do despertar.

A hipertensão é um dos problemas que se intensificam em decorrência de um sono ruim. Por esse motivo e por outros causados pelo descanso ineficaz do organismo é importante que os indivíduos procurem um especialista assim que detectarem problemas frequentes. Essa ida ao médico poderá ajudar o paciente a dormir melhor e descobrir eventuais padrões que o corpo adquiriu em decorrência do sono de má qualidade. 

Dormir mal aumenta chances de hipertensão

No caso da hipertensão, um estudo da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, comprovou que um dos fatores que causam menores níveis de pressão arterial é um sono profundo e ininterrupto. No Brasil, os médicos que cuidam do sono dos pacientes já incluem a pressão arterial como uma das preocupações a serem abordadas quando uma pessoa se apresenta para uma consulta com dificuldade para dormir. É importante lembrar que a hipertensão não é a causadora da noite ruim, mas sim o contrário: quando alguém não consegue dormir bem, a hipertensão pode aparecer.

A neurologista e responsável pelo Laboratório do Sono do Hospital São Luiz, Rosa Hasan, explica que, de fato, a dificuldade no descanso noturno age como se o paciente estivesse sob um estado frequente de estresse. Segundo a especialista, dormir mal aumenta a atividade da adrenalina no corpo. Isso deixa o organismo em estado de alerta, como se fosse um estado de estresse. 

De acordo com Rosa Hasan, não é apenas a insônia que pode causar a hipertensão. A má qualidade do sono tem um efeito similar aos sentidos pelos insones em suas atividades cotidianas. Por isso, é importante ter um sono ininterrupto e que seja profundo.

Como a hipertensão é um fator de risco e uma chamada "doença silenciosa", que ajuda a deteriorar os órgãos sem causar sintomas de dor, os indivíduos que não têm um sono de qualidade precisam fazer a medição da pressão arterial regularmente e, caso os problemas decorridos das noites ruins tenham causado quadro hipertensivo, os médicos podem até receitar medicamentos para o controle desse quadro enquanto o sono não é normalizado. 


Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

siga o minha vida e melhore sua qualidade de vida

Saiba mais

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."