Segredo da autoestima em dia está em visão realista de si próprio

Negar seus defeitos proporciona menor autoaceitação

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 30/09/2011

foto especialista
Miriam Barros

Psicologia

Você já parou para pensar que o julgamento mais importante da sua vida é aquele que você faz sobre si mesmo? A autoestima se refere justamente a esse julgamento.

Ter uma boa autoestima contribui para a sensação de felicidade e de realização pessoal. Esse é um dos fatores que mais influencia as pequenas e grandes decisões que tomamos na vida. Como a vida depende em grande parte das escolhas que fazemos, então é hora de pensarmos em como anda a visão que temos a nosso próprio respeito.

Infelizmente, essa é uma característica que não nasce conosco. Ela vai sendo construída de acordo com os incentivos, olhares, elogios e conquistas que vamos acumulando dentro de nós. Nenhuma pessoa é totalmente carente de autoestima. Assim como não existe ninguém que tenha 100% de autoestima positiva.  

A forma como lidamos com a nossa consciência é o maior determinante para termos autoconfiança, autorespeito e autoestima.

Existem diversos graus de autoestima e isso pode mudar com o tempo. Qualquer pessoa pode melhorar a sua.

O segredo da autoestima

Um dos maiores segredos para elevar a autoestima não está no exterior, como muitos acreditam. É claro que gostar da própria aparência faz parte, mas não é só isso. A capacidade de viver conscientemente e agir segundo aquilo que se enxerga da realidade é um dos fatores mais importantes para estar satisfeito consigo mesmo. Podemos escolher entre negar aquilo que vemos da realidade, mas também podemos escolher enxergar, mesmo que nos desagrade.

A forma como lidamos com a nossa consciência é o maior determinante para termos autoconfiança, autorespeito e autoestima. Quanto mais negamos aquilo que vemos, mais o nosso senso de valor próprio sofre. Essa consciência diz respeito a não fechar os olhos para os fatos da realidade - ao contrário, se trata de tentar compreender aquilo que afeta as nossas atitudes, propósitos, valores e metas. É comportar-se de acordo com aquilo que se percebe. 

A autoaceitação é uma parte importante dessa tomada de consciência. É a capacidade de tomar consciência sobre quem somos, com nossas qualidades, defeitos, imperfeições e atitudes negativas. Significa não negar os nossos defeitos e comportamentos maus, aceitar a nossa imperfeição e a nossa humanidade.

Quando negamos uma dificuldade, ela se torna muito maior e continua em nós, a nos incomodar. Toda vez que conseguimos olhar com boa vontade para algum defeito ou dificuldade nossa e conseguimos enxergar a realidade que está em volta, estamos dando um passo importante para aumentar a nossa autoestima. 

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não