publicidade

Conviver com pessoas que sempre te desqualificam é prejudicial

Saiba identificar relações tóxicas em sua vida e eleve sua autoestima

Por Especialista - publicado em 31/01/2012


Você alguma vez parou para pensar que pode estar se relacionando com pessoas que lhe fazem mal? Encontramos vários tipos de indivíduos durante nossa vida, desde os mais cordatos até os que nos sugam, deixando a impressão de estarmos cansados após estarmos em sua companhia. Você alguma vez já se sentiu assim?

Relações tóxicas devem ser cuidadosamente analisadas. Se pararmos para pensar, vamos perceber que nos envolvemos em alguns círculos em que as pessoas vivem reclamando de tudo ou ficam menosprezando nossos ganhos e vitórias, como se nada que fizéssemos fosse bom suficiente para elas. Podemos pensar na palavra 'desqualificação'.

Quem não conhece alguém assim? Eu conheço algumas. Chegamos com uma novidade e a pessoa docemente comenta seu comportamento como se fosse um elogio e, na sequência, muitas vezes até com uma docilidade disfarçada lhe puxa o tapete debaixo dos pés.

É muito importante estar atento, pois frequentemente confundimos alguns comportamentos, principalmente quando vem de alguém que temos grande estima. Na grande maioria das vezes tendemos a desprezar nossos sentimentos a respeito, desqualificando, assim, nossa intuição.

A partir do momento em que ouvimos nossa intuição, ficamos mais atentos ao que o outro diz. Desta maneira, estamos preparados para lidar com nossos colegas sem surpresas. Cada pessoa tem seu jeitão de ser e, claro, não podemos sair por aí generalizando, mas devemos utilizar nossas experiências como forma de aprendizagem, alongando o olhar sobre si mesmo e sobre o outro.

Também conhecemos pessoas que estão sempre negativas, pois acreditam que tudo em sua vida está errado, contaminando as pessoas ao seu redor com tanto pessimismo. O pensamento saudável é algo que precisamos praticar em nosso dia a dia, tentando sempre esperar o melhor, e cabe a cada um cultivar tal hábito. Cada vez que se pegar pensando algo ruim, esperando o pior, transforme isso em algo positivo.

O importante é que cada um aprenda a lidar com as situações e as pessoas, dedicando-se a quem realmente lhe traz satisfação e bem-estar. As relações saudáveis são construtivas porque a troca é real. Existe apoio, amizade e um colinho no momento que mais precisa de uma forcinha.

Afinal, viver é uma arte que precisamos desenvolver dia a dia, bastando apenas respeito, cautela, autoestima, humor, atenção e muita, muita alegria.


Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Mais sobre:

 Luciana Kotaka

Escrito por:

Luciana Kotaka

Psicologia e Psicoterapias

Ajudou 15059 pessoas


Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

siga o minha vida e melhore sua qualidade de vida

Saiba mais

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X