PUBLICIDADE

Fantasias sexuais: como falar sobre isso com o parceiro?

Elas não são exclusivas dos homens e podem ser realizadas em casal, quando há diálogo

Nosso psiquismo não existiria se não existissem as fantasias. As fantasias sexuais, como qualquer outro tipo de fantasia, são inerentes aos humanos. Dentro da psicologia a fantasia é entendida como um mecanismo que existe para minimizar e nos aliviar de algo que desejo, mas eu não me permito nem pensar, então isso vai pro meu inconsciente e se manifesta como fantasia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Infelizmente muitas pessoas ainda tratam as fantasias sexuais como tabu, como tantas outras questões relacionadas a sexualidade humana. São questões muito íntimas e não conseguirmos revelá-las, na maioria das vezes, para nossas parcerias.

Acreditamos que os homens têm mais fantasias sexuais que as mulheres, mas, na verdade, eles falam com mais naturalidade que elas. As fantasias delas podem ser histórias mais tocantes e intricadas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Nossa imaginação, quando o assunto é sexo, pode nos deixar de bochechas vermelhas, não? Mas, não existe mal algum nisso. Como disse anteriormente, todo ser humano imagina situações sexuais que ainda não colocou em prática e mesmo que já tenha colocado, esse mundo imaginário é saudável para todos. Não existem limites para se imaginar. Quem nunca fantasiou que estava com aquele ator ou atriz da novela das 21 horas?

Hoje em dia as formas de fantasiar já estão mudando, mas é mais comum homens imaginarem o ato sexual em si. Já as mulheres imaginam situações que irão levar a transa, com um perfil de fantasias mais românticas. Mas, que fique claro que não existe nada de errado em mulheres que imaginam situações mais pornográficas e homens situações mais românticas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como falar sobre as fantasias sexuais com o parceiro?

Muitos casais me perguntam, na clínica, visto que na imaginação as fantasias sexuais não precisam ter limites, como eles poderão saber se isso poderá atrapalhar e até trazer desconforto emocional para a parceria.

O principal ponto que sempre coloco para eles é que o que é combinado costuma não sair caro.

Precisamos refletir e entender o significado da realização de uma fantasia sexual para ambos. Pode ser que transar apenas realizando a fantasia de um e não a do outro prejudique o casal e eles percam a chance da diversidade no sexo que é uma das grandes e excitantes formas de melhorar a qualidade da relação. Algo que para você é excitante pode desestimular sua parceria. A fantasia sexual só deve virar realidade se as pessoas envolvidas estiverem de acordo.

Talvez, uma forma de começar a introduzir o assunto seja trazer o lado lúdico, tão importante para o sexo, como algumas brincadeiras que podem ser desde o uso de roupas que venham a seduzir a parceria ou até mesmo falar de forma direta suas fantasias.

Procurem dar atenção ao limite do outro, pois algumas fantasias podem trazer bastante insegurança para algumas pessoas com autoestima baixa, que entenderão a quebra de rotina como uma insatisfação por parte de sua parceria. Nesse caso, pode ser importante ser flexível e ajustar a fantasia em função desses limites.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Outra questão que merece um olhar cuidadoso é não querer realizar tudo, pois pode colocar em risco a união e precisa ser avaliado o quanto vale a pena. Não deixe de escutar a parceria. Não é legal só satisfazer as suas fantasias e nem fazer chantagens emocionais.

Dialogar é preciso

Algo extremamente delicado é apenas uma pessoa ceder às fantasias do outro por medo de perdê-lo ou acreditar que ele realizará a fantasia com outra pessoa. Precisamos ficar atentos se a única forma de prazer acontece assim. Alguns conflitos estão sendo demonstrados quando não temos flexibilidade nas nossas formas de prazer e isso trará mais problemas para a relação. É necessário conversar sobre essa questão, pois pode significar questões suas que precisam ser elaboradas, mas também, questões do casal.

Realizar fantasias pode proporcionar maior intimidade e melhor comunicação entre o casal. Então não deixe de dialogar, dialogando, vocês conseguiram elaborar, ou seja, falar algo que até então não pôde ser falado. Caso não consiga busque uma ajuda profissional.

Realizar fantasias pode proporcionar maior intimidade e melhor comunicação entre o casal. Então não deixe de dialogar, dialogando, vocês conseguiram elaborar, ou seja, falar algo que até então não pôde ser falado. Caso não consiga busque uma ajuda profissional.