priscila perguntou:

Como controla mais a raiva?

  • Respondido em 18/08/2014
    Loide Muniz Barreros Psicologia - CRP 06/65402/SP
    Olá,

    A raiva é uma emoção humana que pede transformação e não controle. Ela pode ser expressa de forma grosseira , mas é sempre uma forma de luz, que ilumina lugares que geralmente não vemos . Me parece positivo gastar um tempo para compreender que emoção é esta , se me permitem proponho algumas auto reflexões: O que me deixa com raiva? Quanto tempo fico com raiva? Reajo sempre da mesma forma? Qual a minha parcela de responsabilidade nas situações onde sinto raiva? São boas questões para ampliar a consciência e não me tornar refém desta emoção .

    Me parece negativo desconhecer a função e o poder da raiva. Ela provoca reações no físico e no psiquismo humano. Ao sentir raiva podemos apresentar pressão sanguínea aumentada, batimentos cardíacos acelerados, sudorese e uma ação hormônios como a adrenalina, que impulsionam para uma atuação vigorosa, lutar ou fugir. A raiva nos beneficia quando acontece num determinado tempo e numa certa intensidade, se permanecer tempo demais, isto é , “ guardar raiva “ , ou num tamanho maior do que o “ esperado “ para aquela situação, podemos adoecer no corpo e na emoção, ( perder a calma, a alegria, a confiança).

    Sei que não há receitas prontas para se lidar com a raiva, mas faço algumas sugestões:
    - Contar até 100 pode ajudar a se acalmar - a raiva não some , mas perde a força.
    - Descobrir os gatilhos que disparam sua raiva
    - Não ficar com raiva além do tempo necessário
    - Resolver situações conflituosas quando aparecerem , não postergar as resoluções.
    - Busque a solidão de vez em quando.

    Quem consegue entender a raiva. Volta à vida cotidiana com mais habilidade para conviver.

    Loide Muniz Barreros - Psicóloga Clínica