publicidade

Fique atenta às exigências do seu corpo em cada fase da gravidez

Tire suas dúvidas sobre dieta, academia e tratamentos de beleza

POR MINHA VIDA - publicado em 24/10/2008


de 6

Grávida com escova de dentes - Foto: Getty Images
 

No dentista
Durante a gravidez, a influência dos hormônios deixa a boca mais suscetível a problemas na gengiva. Casos de inflamação, com sangramentos e inchaço, são comuns. "Além disso, a grávida sente muito enjôo e vomita com freqüência. Sem higienização adequada, aumenta a placa bacteriana", afirma o periodontista Gustavo Morizzi, da Clínica Cir, em Brasília. E a própria gengivite pode trazer outros problemas. Para combatê-la, o organismo lança uma série de substâncias no organismo que podem adiantar o trabalho de parto.

Como as radiografias são proibidas durante a gestação (os raios podem causar alterações genéticas no bebê), os cuidados preventivos são essenciais. A cada três meses, é preciso visitar o dentista para fazer eventuais restaurações e limpeza no dentes. "Mas sem a aplicação de flúor habitual. No caso da grávida, receitamos um enxagüatório manipulado com concentração de 0,05%. Ela deve fazer bochechos com ele, duas vezes ao dia", diz Gustavo Morizzi.

Clareamentos dentais são proibidos na gestação por causa dos agentes químicos usados (não se sabe se eles podem prejudicar o bebê) e também por causa das restrições na dieta. Os tratamentos de canal também precisam esperar. "No caso de uma emergência, o nervo inflamado é removido e deixamos o dente com um curativo até o nascimento do bebê", afirma o dentista. Dependendo do caso, o curativo precisa ser trocado a cada 15 dias ou no intervalo de quatro meses. 


Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Mais sobre:

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X