PUBLICIDADE

Como lidar com as cólicas do bebê

Pequenas atitudes livram a criança das dores

É comum que o bebê fique extremamente irritado e chorão em certos períodos do dia, principalmente entre 18h e 24h. E é justamente nesse horário que a mãe também está se sentindo mais cansada, devido ao trabalho de cuidar da criança durante o dia todo. Estes períodos podem parecer uma verdadeira tortura, especialmente se houver outra criança na casa para cuidar ou trabalho para fazer, mas é importante que as mães saibam que eles não vão durar muito.

Geralmente as cólicas mais intensas duram cerca de três horas por dia, durante seis semanas. Depois, diminuem para uma ou duas horas por dia, por três meses.

Cerca de um quinto dos bebês desenvolvem cólicas, geralmente entre a segunda e a quarta semana de vida. Eles choram intensamente, muitas vezes gritando, estendendo ou encolhendo as perninhas e soltando gases. O estômago pode ficar avolumado devido aos gases. O choro pode se estender durante o dia todo, piorando no começo da noite.

Infelizmente, ainda não é possível explicar por que isso ocorre com alguns bebês. Mas, sabe-se que geralmente as cólicas melhoram após o terceiro mês. Algumas vezes, em bebês alimentados com leite materno, elas são sinais da sensibilidade do bebê ao tipo de alimento ingerido pela mãe.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Há, no entanto, alguns procedimentos que podem ajudar a mãe e o bebê a enfrentarem esta fase com mais tranquilidade. O primeiro passo é consultar o pediatra para verificar se não existe nenhum outro motivo para o choro do bebê. Em seguida, conversar com o médico para saber qual dos seguintes procedimentos poderá melhor se adaptar ao caso:

- Se você amamenta, tente eliminar da sua dieta o consumo de derivados do leite, cafeína, chocolate, cebola, repolho e outros alimentos que possam estar causando as cólicas no bebê. Se você dá mamadeira para o bebê, converse com o pediatra para trocar a fórmula para uma que não contenha leite de vaca. Se a sensibilidade alimentar for a causa das cólicas no bebê, elas devem diminuir dentro de um ou dois dias após as mudanças na alimentação;

- Tente colocar o bebê com a barriga em contato com a sua barriga para acalmá-lo;

- Ofereça uma chupeta. Alguns bebês alimentados somente com leite materno podem recusar, enquanto outros se sentirão reconfortados com a chupeta; - Enrole o bebê em um cobertor. Desta forma ele se sentirá seguro e aquecido;

- Deite o bebê de barriga para baixo sobre o seu colo e massageie suas costinhas. A pressão que será feita pode ajudar a aliviar a dor;

- Se você se sentir muito ansiosa e tensa, solicite ajuda a outra pessoa para olhar o bebê e saia de casa! Mesmo que seja somente por uma ou duas horas, isso ajudará a fazer com que você se distraia e relaxe. A sua ansiedade só vai deixar o bebê ainda mais irrequieto. E lembre-se: mesmo se estiver muito impaciente ou nervosa, jamais ?chacoalhe? fortemente o seu bebê. Principalmente até os seis meses de idade, nenhum bebê deve ser ?chacoalhado? fortemente ? alguns adultos tendem a querer fazer isso com bebês que choram constantemente ou ficam muito irritados. O ato de ?chacoalhá-los? pode causar sérios problemas físicos e mentais e até mesmo levá-los à morte.