Ajude seu filho a vencer o medo do escuro

Brincadeiras e apoio dos pais são fundamentais para desenvolver a segurança infantil

POR MINHA VIDA PUBLICADO EM 23/03/2010

Quando a rede elétrica ou é hora de apagar as luzes, a reclamação começa. Há muitos adultos com medo do escuro, mas, entre as crianças, o problema é quase unanimidade.

Elas esperneiam, choram, fazem chantagem e tiram a paciência de quem estiver por perto. O comportamento, que precisa ser acompanhado com atenção, não significa que algo vai mal com seu filho. "Nós crescemos com medo do desconhecido. Imagine, então, como isso aparece para as crianças?", pontua a psicóloga Liliane da Silva.


"Em vez de repreender, os adultos precisam ensinar como superar o desconforto, distraindo a criança e mostrando que, se ela estiver com pessoas de confiança por perto, o escuro não é um perigo". O receio infantil não vai desaparecer do dia para a noite. Mas as dicas da especialista prometem, aos poucos, aliviaras suas preocupações e as angústias dos pequenos. 

Medo de escuro
Medo de escuro

Pare de inventar monstros
Para conter as crianças mais agitadas, muitos adultos recorrem a figuras que causam medo. O recurso, entretanto, costuma causar medo sempre que a criança estiver sozinha.

"Elas ficam imaginando personagens sombrios e, claro, correm para os adultos em busca de socorro", afirma a psicóloga. O ideal, antes de dormir, é contar uma história mais calma para o seu filho, sem personagens que amedrontam ou causem lembranças assustadoras. 

Caça ao tesouro com lanterna
O jogo dá mais segurança para as crianças que sofrem quando a escuridão dá as caras. Esconda guloseimas ou algum brinquedo pela casa.

Deixe pistas em locais estratégicos para que a criança consiga chegar até o tesouro. Mas toda a busca deve ser feita somente com a ajuda de uma lanterna, com todo o ambiente escuro. 

Teatro das sombras
A brincadeira é perfeita para a hora de dormir. Apaguem as luzes do quarto e deixe somente a lâmpada de um abajur acesa. Com as mãos e, se for possível, algumas marionetes, vocês podem criar uma história nova por dia. Os personagens da aventura são os desenhos projetados na parede do quarto.

"O abajur pode ficar ligado quando o adulto sair do quarto. Dessa forma, os personagens fazem companhia para o seu filho mesmo quando ele estiver sozinho", diz a psicóloga. 

Medo de escuro
Medo de escuro

Céu estrelado todo dia
Adesivos luminosos pregados no teto enfeitam o quarto e também distraem as crianças na hora de dormir. Em forma de estrelas e de outros objetos celestes, os adesivos fazem bem mais do que deixar a decoração caprichada: eles quebram a sensação de isolamento que sufoca muitas crianças. 

Companhia fofinha
Para muita gente pode parecer bobagem, mas um ursinho ou uma boneca ajudam muitas crianças na superação do medo na hora de dormir. Abraçados com o brinquedo, os pequenos esquecem que estão sozinhos.

"Eles até inventam histórias imaginárias e adormecem com mais facilidade. Os pais que negam esta opção, por medo de criarem filhos inseguros, podem ficar tranqüilos. Aos poucos, e por vontade própria, a criança vai abandonando o hábito - ainda que, mais tarde, ela se torne um adulto que adora dormir abraçado a um travesseiro ou a uma almofada", brinca a especialista. 

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não