PUBLICIDADE

Crianças também podem ser vegetarianas?

Veja se essa dieta pode trazer deficiências nutricionais nos pequenos e como driblá-las

O vegetarianismo costuma gerar desconfiança tanto da população como de profissionais de saúde. Quando o assunto é essa dieta para crianças, a maioria é cética em acreditar que um cardápio isento de carne contenha teores adequados de nutrientes. Até mesmo aqueles que seguem a dieta vegetariana por muitos anos, quando se tornam pais, procuram ajuda de um profissional qualificado para que seus filhos não desenvolvam carências nutricionais.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Essa dieta pode ser uma grande aliada da saúde, capaz de proteger e tratar doenças como hipertensão arterial, obesidade, doença arterial coronariana, diabetes e alguns tipos de câncer. Mas para que a dieta vegetariana seja realmente saudável é preciso identificar qual o padrão alimentar do vegetariano e planejar apropriadamente uma dieta individualizada.

Esses padrões variam de maneira considerável. Os ovo-lacto-vegetarianos consomem verduras, legumes, oleaginosas, frutas, cereais, leite, laticínios e ovos enquanto que excluem carne, peixe e aves. Já o vegano ou vegetariano total, exclui também produtos derivados de origem animal como leite, laticínios e ovos. Mesmo dentro desses padrões, pode haver variação na extensão de quais alimentos são evitados.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Quando a família é vegetariana e decide educar seu filho dentro do vegetarianismo, primeiramente é essencial que os pais ou responsáveis estejam muito bem informados acerca dos nutrientes que podem ter sua ingestão ou absorção prejudicadas neste tipo de dieta para evitar problemas no desenvolvimento infantil. Confira a seguir os pontos mais delicados:

Energia

Crianças estão em fase de crescimento e necessitam proporcionalmente de mais calorias quando comparadas aos adultos. Crianças vegetarianas geralmente apresentam um ritmo de crescimento adequado e consomem a mesma quantidade de calorias que as crianças não vegetarianas. Mas como os alimentos mais consumidos nas dietas vegetarianas são de baixo teor de calorias, os pais devem incluir diariamente itens com alta densidade calórica, como nozes, abacate e pasta de gergelim.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Proteínas

Pesquisas mostram que o consumo de carne não é essencial para o desenvolvimento e crescimento adequado. Crianças veganas necessitam da mesma quantidade ou ligeiramente um pouco mais de proteína do que crianças não vegetarianas. Isso ocorre por que a proteína de origem vegetal tem menor digestibibidade quando comparada a proteína animal. Para atingir as necessidades de proteínas, a criança deve consumir ao longo do dia várias porções de diferentes fontes de proteína, como cereais, sementes, castanhas e feijões.

Ácidos graxos

Quando se fala em dieta vegetariana, pouco se escuta a respeito dos ácidos graxos. Os veganos podem apresentar baixos níveis sanguíneos de ácido docosa-hexanóico (DHA), uma das frações do ômega 3, importante para a saúde das fibras nervosas, do sistema de defesa do corpo e das células em geral. Peixes e ovos são ricos em DHA, já algas marinha, nozes, óleo de linhaça e de canola, contém um potente precursor deste ácido graxo.

Vitamina B12

Embora alimentos vegetais possam conter vitamina B12 em sua superfície, devido a resíduos do solo, esta não é uma fonte confiável. Além disso, a dieta vegetariana é rica em ácido fólico, devido ao elevado consumo de verduras e frutas, o que mascara a deficiência de vitamina B12 no exame de sangue. Aconselha-se a suplementação ou o uso de alimentos enriquecidos para vegetarianos que evitam ou limitam os alimentos de origem animal.

Vitamina D

Nenhuma dieta é capaz de suprir a vitamina D que o corpo necessita e o mesmo ocorre com as dietas vegetarianas. As concentrações desse nutriente no sangue dependem de exposição à luz solar diária, ingestão de alimentos enriquecidos ou suplementação de vitamina D. Se a exposição ao sol for inadequada, recomendam-se suplementos de desse nutriente.

Ferro

O ferro é vital para um crescimento adequado e a deficiência deste mineral é a carência nutricional mais comum em crianças vegetarianas. Isso ocorre porque o ferro presente nos vegetais, é o ferro não-heme, que é mais sensível a fatores que impedem a sua absorção. A vitamina C presente em frutas e verduras ajuda na absorção do ferro não-heme. As necessidades de ferro de crianças vegetarianas é 1.8 vezes maior que nas não vegetarianas. Recomenda-se, entre outras práticas alimentares, incluir suco de frutas natural feito na hora junto as principais refeições.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cálcio

A ingestão de cálcio por veganos é geralmente mais baixa que a de ovo-lacto-vegetarianos e de onívoros. Apesar de o leite ter maiores concentrações de cálcio comparado aos demais alimentos, a absorção e o aproveitamento deste mineral em verduras é melhor que a encontrada no leite. Além disso, os veganos podem ter necessidade de cálcio menor que os não vegetarianos. Já se demonstrou que dietas pobres em proteína total e mais alcalinas melhoram a utilização do cálcio pelo organismo. Quando a dieta além de isente em proteína animal é pobre em sódio e a criança é ativa fisicamente, a necessidade de cálcio parece ser menor que a de uma criança sedentária que se alimente com uma dieta ocidental padrão.

As dietas veganas podem fornecer cálcio em quantidade adequada caso incluam várias vezes ao dia alimentos ricos em cálcio como couve, couve-flor, brócolis e gergelim. Também existe no mercado novos alimentos vegetarianos a base de soja enriquecidos com cálcio.

É preciso atenção!

A falta de apenas um único nutriente durante o período crítico do desenvolvimento humano pode acarretar em inúmeras alterações do sistema nervoso, imunológico e metabólico não apenas na infância mas também para a vida adulta da criança.

Os pais são responsáveis pela alimentação e demais cuidados de seus filhos, e quando vegetarianos devem estar muito bem informados acerca das necessidades nutricionais de cada fase de vida de seus filhos. As dietas vegetarianas, como todas as dietas, precisam ser apropriadamente planejadas para serem adequadas em termos nutricionais.