publicidade

Dicas na hora do bebê dormir Parte II

A hora de dormir pode dar trabalho e é necessário saber contornar a situação

Por Minha Vida - publicado em 14/05/2009


1. Quando o bom senso é fundamental?
É claro que não devemos perder a noção do bom senso e o poder de julgamento e critica é essencial. Sim, pois nada na vida é regra eterna e sem exceção. Muitas vezes, quando a criança é recém nascida ou até os 3 ou 4 meses, ter um bercinho no quarto dos pais facilita as mamadas. Quando a criança está doente, também podemos deixá-la um pouco na cama dos pais até que ela se sinta mais confortável. O ideal é que a mãe ou o pai tenha um sofazinho no quarto da criança e deite-se no quarto com ela até que ela adormeça. Com o tempo a criança passa a abrir mão da presença dos pais com mais facilidade, demonstrando serem crianças mais seguras, mais independentes e com auto-estima mais elevada.

2. Quais as dicas do que deve ser feito para ajudar o seu filho a ter uma boa qualidade de sono?
- Quando o bebê chorar de madrugada, aguarde. Muitas vezes ele volta a dormir sozinho. Apenas em último caso vá ao seu quarto acalmá-lo. Evite levá-lo para dormir com você. Do contrário, ele repetirá o choro todas as noites.

- carinho é bom e todas as crianças gostam. Carinho acalma!

- brincadeiras leves ao final da tarde devem ser estimuladas, principalmente as que estimulem o sono. Pois atividades muito intensas e motivadoras não devem ser praticadas muito próximo da hora de dormir, pois elas costumam tirar o sono da criança, a exemplo de videogames, internet, brincadeiras de correr, musicas eletrizantes, entre outras.

- ler uma história na hora de deitar resolve o problema pra muitos pimpolhos.

- uma conversa tranqüila com o filho, (mãe deve sentar-se próximo à cama do filho) também é muito bem recebida pela criança.

- escolha um objeto que funcione como aviso da hora de dormir. Travesseiro, fralda, brinquedo. Tem criança que faz questão de dormir com seu boneco preferido ou um bichinho de pelúcia. Não faz mal algum, ao contrário

- criar um ritual de sono é importante para muitas crianças. Vista o pijama da criança, leve-a ao banheiro, leia uma estória, faça uma oração, dê um beijo de boa noite.

- após desejar boa noite saia do quarto. Não espere a criança fechar os olhos. Ela deve aprender a dormir sozinha.

- não ter medo de dizer "não" à criança. Regra é regra e criança gosta de sentir o poder nos pais.

- nunca sinta pena do seu filho.

- apague as luzes do quarto.

- a prática de um esporte é bom pra tudo, inclusive para um bom sono.

- um copo de leite morno de vez em quando não faz mal.

- um banhozinho morno cai bem. 

- o lugar onde dormimos precisa refletir paz e sossego. Cores pastéis ajudam.

- musicas de dormir pra quem gosta, de vez em quando é uma boa solução.

- um ambiente tranqüilo dentro de casa é fundamental, sem isso, sem chance.

3. O que é higiene do sono?
Uma boa higiene do sono é fundamental para todos, crianças e adultos, assim como é importante a nossa higiene corporal. Se a criança não tiver uma boa higiene do sono, ela não terá um sono reparador. É imprescindível manter hábitos saudáveis em casa para que seu filho tenha um padrão vigília-sono adequado. Estes fatores são chamados de Higiene de Sono e incluem:

- ter horários (mais ou menos) constantes para dormir e acordar. Procurar colocá-lo na cama no início da noite, quando o sono costuma chegar.

- nunca adormecer seu filho no colo ou na sua cama e muito menos adormecê-lo balançando e andando de um lado para o outro. Essa prática "vicia" a criança e costuma gerar um sono prejudicado e crianças mais agitadas e inseguras.

- procurar levar a criança para dormir logo que o sono chegar. Ficar deitado e acordado na cama por muito tempo não ajuda a qualidade do sono.

- quarto de dormir é para dormir. Não usar o quarto para comer, estudar, ver TV, usar internet, etc.

- não deixar a criança dormir durante o dia. A noite sim, foi feita para se dormir.

- exercícios físicos somente umas 6hs antes da hora de dormir. - evitar bebidas estimulantes antes de dormir, como coca-cola, chá, chocolate, etc.

- manter temperatura agradável no quarto, bem como silêncio.

- tratar qualquer causa física que possa prejudicar o sono da criança, como alergia, resfriado, rinite, bronquite, febre, infecções, etc.

- se seu filho não conseguir dormir, tente conversar com ele para ver se tem alguma razão. Procure sentar-se a seu lado por um tempo para dar-lhe proteção e segurança.


4. Alguns errinhos cometidos que podem ser evitados
Bem, ninguém aqui é perfeito quem é mãe ou pai sabe o quanto o filho é sedutor e a capacidade que tem de nos fazer coisas que em outra situação jamais faríamos... portanto, mães e pais jamais sintam-se culpados. É verdade que mãe e pai erram muito, mas erram por amor e excelo de zelo. Quando perceberem que não estão fazendo o que deveria ser feito, respire fundo... e faça o que tiver que ser feito. Afinal, quem quer o melhor para o seu filho?

5. Fique atento caso ocorra:
Fadiga, cansaço, tensão, irritabilidade, choro fácil, queda no rendimento escolar, ansiedade, sonolência diurna, dores musculares e retraimento social. Crianças com padrão ruim de sono podem apresentar os sintomas acima citados.

Evelyn Vinocur é psicoterapeuta cognitivo comportamental. Atua na área de saúde mental de adulto e é especializada em saúde mental da infância e adolescência. Para saber mais, acesse: www.evelynvinocur.com.br


Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X