A alimentação do seu filho é à prova do colesterol alto?

Descubra o que mudar na dieta para manter as crianças com saúde

POR ANA PAULA DE ARAUJO - PUBLICADO EM 01/12/2011

Problemas com o colesterol antes vinham com a idade. De tempos para cá, no entanto, as crianças têm se tornado vítimas do aumento da gordura no sangue. "O colesterol alto pode ser consequência de uma tendência hereditária, má alimentação, excesso de gordura na dieta, obesidade ou falta de atividades físicas", afirma a pediatra Raquel Quiles, da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Algumas doenças também podem favorecer esse tipo de problema, como o diabetes. "Deve fazer parte da rotina da criança, ao menos, uma visita anual ao pediatra. É a ocasião em que o especialista solicita exames de sangue capazes de detectar problemas como anemia ou colesterol alto ", afirma a nutricionista Andréia Ceschin de Avelar, de São Paulo.

Além do acompanhamento médico, no entanto, é preciso rever os hábitos das crianças. Os principais cuidados envolvem a alimentação, já que muitos pais acabam permitindo o consumo exagerado de açúcar e de gorduras. Para saber como anda a alimentação do seu filho, faça o teste abaixo e veja as dicas dos especialistas para melhorar a dieta da família toda.

1/7

Bolinhos doces industrializados aumentam o colesterol da criança?

2/7

A criança deve optar por leite integral ou desnatado?

3/7

O biscoito recheado pode ser um vilão do colesterol na criança?

4/7

Que tipo de sorvete a criança deve consumir?

5/7

Beber refrigerante favorece o aumento do colesterol infantil?

6/7

A criança pode consumir os salgados da cantina da escola livremente?

7/7

Qual o papel das fibras no controle do colesterol?