Minha Vida - Saúde, Alimentação e Bem-Estar

Axé queima calorias, garante flexibilidade e aumenta autoestima

Deixe a timidez de lado, entre na onda das coreografias e rebole

POR MINHA VIDA - publicado em 07/02/2011


Que tal entrar em forma com um ritmo que é a cara do verão? O axé queima de 400 a 700 calorias em uma hora de aula, melhora a coordenação motora e alivia o estresse. Além de ser uma atividade para lá de divertida. "A vantagem do axé para outros tipos de dança é que algumas músicas são bem rápidas e então você acaba queimando mais calorias", explica Jean Patrick, gestor de ginástica da Cia Athlética.

No candomblé, o "axé" é a palavra que designa a força sagrada e a energia dos orixás. A interjeição "axé" também é usada para desejar energias positivas. Já o axé que nós conhecemos, como estilo musical, surgiu na Bahia na década de 80. Mistura frevo, maracatu, reggae e forró e se popularizou em micaretas e no carnaval em Salvador.  

Axé queima calorias, garante flexibilidade e aumenta autoestima - Foto: Getty ImagesAxé queima calorias, garante flexibilidade e aumenta autoestima

Para começar, deixe o preconceito de lado e rebole. Além de se divertir, você vai melhorar sua flexibilidade e coordenação motora e ganhar ritmo e agilidade. De quebra ainda aumentar a sua auto-estima, já que o axé é uma dança bem brasileira: alegre e sensual. Os benefícios não param por aí. Também há aumento da capacidade cardiovascular e definição de músculos. "O axé trabalha principalmente os membros inferiores, como pernas, glúteos e panturrilha. Mas também exige um pouco dos braços e abdômen por causa dos movimentos", explica Jean.

Como toda atividade física intensa, o axé faz com que o corpo libere endorfina, neuro-hormônio responsável pela sensação de bem-estar. No geral, não há contra-indicações, a não ser que o aluno tenha alguma restrição médica. Para evitar lesões, o ideal é fazer musculação para fortalecer a articulação dos joelhos. Outra opção bastante divertida é o hidroaxé, realizado em piscinas e oferecida em academias e parques aquáticos.  

Para ter pique, consuma carboidrato de rápida absorção, como uma fruta ou uma barrinha de cereal antes da aula. E lembre-se de alongar-se bem.

Durante a aula, use roupas leves para não prejudicar os movimentos e beba muita água. Não se preocupe se você não conseguir pegar as coreografias logo na primeira aula. É uma questão de prática, persistência e concentração. Deixe a timidez de lado e escolha um lugar na sala perto de um espelho. Além de trabalhar o corpo, você estará exercitando a mente, pois terá que memorizar os passos da dança. Se tiver dificuldades, procure seu professor.  


Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Mais sobre:

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."