Existem vários tipos de yoga, um deles certamente é a sua cara

Conheça as diversas linhas e veja qual tem mais a ver com você

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 10/07/2007

Fazer yoga (ou ioga, como se escreve em português) está na moda. O problema é que, com a proliferação desta técnica milenar que veio da Índia, as opções de multiplicaram, criando uma salada de nomes que muitas vezes desanima quem quer começar a mexer o corpo. Afinal, que tipo de yoga escolher?

"Nenhuma linha é melhor ou pior do que a outra" , afirma o professor Pedro Kupfer, especializado em ashtanga yoga. "O importante é conhecer as características de cada estilo, os pontos fortes e as recomendações. Assim, você escolha uma que combine bem com o seu perfil e os seus objetivos".É importante saber, também, que a maior parte das variações ensinadas hoje em dia são ramificações do Hatha Yoga, que trabalha bastante a parte física durante a aula. Existem ainda outros tipos de prática, que têm a meditação ou a devoção como foco.
(Decubra qual o seu peso ideal e as dietas indicadas para o seu perfil)

Apesar das diferenças, todas as linhas seguem as oito orientações que caracterizam os ensinamentos e acabam se transformando em um modo de vida:

Yamas viver seguindo um padrão ético de vida
Nyama auto-disciplina
Ásanas posturas físicas
Pranayamas - controle da respiração
Pratyahara - observação consciente, sem envolvimento dos sentidos
Dharana estado de concentração
Dhyana - meditação
Samady a consciência plena, a libertação final

Com a ajuda de vários professores, montamos uma ficha técnica dos principais tipos de ioga. Confira a seguir as dicas de Pedro Kupfer, , que ensina a modalidade ashtanga, Gnana Dhatha, instrutor de Raja Yoga, Cristina Collares, instrutora da Hatha Yoga, Anderson Allegro, professor de Power Yoga e Clara Fiore, instrutora de Iyengar e praticante do Ramamani Iyengar Memorial Yoga Institute (RIMYI).

Hatha Yoga este é o estilo mais popular de yoga no Ocidente. Tem o foco na saúde do corpo, sem tanto aprofundamento filosófico. O objetivo é trabalhar mente e espírito por meio do corpo. Gerou dezenas de ramificações e estilos em todo o mundo.
Combina com quem: prefere um foco maior no corpo.
Como é a aula: varia bastante de acordo com o professor, alguns deixam a prática mais leve, com movimentos mais lentos e suaves enquanto outros puxam mais pela força e alongamento, mas todas terminam com o relaxamento (yoganidra) no final.
Benefícios: melhora do condicionamento físico, força e flexibilidade, além da saúde em geral. Ajuda a aumentar a capacidade de concentração.

Ashtanga Yoga uma ramificação do Hatha, criada pelo indiano Sri K. Pattabhi Jois, que ainda ensina a técnica na região de Mysore, na Índia. É das práticas mais vigorosas atualmente, trabalhando com seis séries fixas, que vão sendo aprendidas progressivamente, exigindo um grau cada vez maior de força, flexibilidade e consciência.
Combina com quem: tem resistência para atividades físicas e práticas bem fortes e que gosta de trabalhar o corpo.
Como é a aula: prepare-se para suar muito. Com exceção das aulas conduzidas, cada aluno faz sua série no seu próprio ritmo, com ajustes e correções feitos pelo professor. A prática une posturas concatenadas, que começam com a saudação ao sol e evolui para seqüências em pé e no chão, todas seguindo o ritmo de um tipo de respiração forte (ujay), que produz um som característico das aulas de ashtanga.
Benefícios: O suor aqui tem o objetivo de desintoxicar o organismo, enquanto a respiração forte ajuda a aquecer o corpo internamente, renovando o sangue e ajudando a prevenir lesões. A prática traz muita força, flexibilidade e equilíbrio, além de melhorar a concentração e alinhar a musculatura e as articulações.

Iyengar Yoga - desenvolvido pelo indiano B.K.S. Iyengar (que foi aluno do mesmo mestre do criador do ashtanga), é também uma ramificação do Hatha. A principal característica do método é o conceito de que o alinhamento do corpo desperta experiências escondidas, tornando conscientes os condicionamentos que moldam as nossas estruturas musculares. (veja aqui um treino de laongamento para fazer em casa)
Combina com quem: é mais detalhista e prefere uma prática intensa, porém com mais foco na postura do que na repetição.
Como é a aula: as posturas são feitas com a ajuda de acessórios como cintos, almofadas e blocos e exigem bastante permanência em cada posição. Durante esse período, o professor alinha o corpo do aluno corretamente.
Benefícios: ótima para pessoas que querem combater a má postura e até para quem possui problemas motores.



Power Yoga outra ramificação do Hatha, também bem vigorosa, combina movimentos fortes com respiração dinâmica, aliando posturas do yoga com exercícios e movimentos extras.
Combina com quem: gosta de treinos mais fortes e busca melhorar o condicionamento físico, além da flexibilidade e força.

Como é a aula: faz transpirar bastante e exige um bom condicionamento. Começa com uma série de aquecimentos, seguidos de posições básicas intercaladas pelas seqüências de manutenção do aquecimento. No final da prática, têm vez os exercícios que ajudam na assimilação dos efeitos e relaxam o corpo.
Benefícios: aumenta a força, resistência e flexibilidade, aumenta a capacidade de atenção e concentração e a ajuda a alinhar músculos e articulações.

Kundalini Yoga durante muitos anos foi considerada uma prática secreta. Tem por objetivo a subida da kundalini (energia que fica adormecida na base da coluna, no primeiro chakra, e que vai subindo junto com a expansão da consciência do indivíduo).
Combina com quem: quem busca um trabalho não só físico mas também espiritual e energético, que procura a expansão da consciência.
Como é a aula: utilizam-se tanto as posturas (asanas) quanto as respirações (pranayamas), contrações (bandhas), exercícios de limpeza das mucosas (kryias), gestos com as mãos (mudras) e os mantras, além de um foco forte na meditação. Os professores muitas vezes usam branco e os movimentos fluem com suavidade o que não quer dizer que não exijam força.
Benefícios: A prática costuma limpar e revigorar o organismo, fortalecendo e alongando o corpo. Equilibra os sistemas nervoso e glandular, sincronizando-os com a rede de meridianos, chakras e corpos energéticos.

Raja Yoga meditação é a palavra-chave deste tipo de yoga, cujo significado é real, da realeza . Seu objetivo é o desenvolvimento espiritual do indivíduo e não tem foco no esforço físico.
Combina com quem: é mais introspectivo, gostam ou quer aprender a meditar e não faz questão de uma atividade física mais forte.
Como é a aula: o foco é o domínio das ondas mentais e a meditação, combinada com posturas.
Benefícios: ótima para insônia, para acalmar a mente e aumentar a concentração

Serviço:

Hatha Yoga: Academia Hermógenes Yoga - www.profhermogenes.com.br Rio de Janeiro / RJ

Kundalini Yoga: Centro Nanak, Espaço de Curas e Kundalini Yoga - www.kundaliniyoga.com.br Rio de Janeiro / RJ

Ashtanga Yoga: Astanga Namaskara Estúdio de Yoga - www.astanganamaskara.com.br São Paulo / SP

Raja Yoga: Suddha Dharma Mandalam - www.rajayoga.com.br Ribeirão Preto / SP

Power Yoga: Aruna Power Yoga - www.yogasite.com.br São Paulo / SP







PUBLICIDADE