Clareamento dental

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 08/03/2006

Hoje em dia, é fácil conquistar um sorriso como os dos comerciais de creme dental. Ou pelo menos, a brancura deles. A maioria dos consultórios odontológicos já oferece o tratamento para clareá-los. Somente os tipos de procedimento variam.

Caso queira ter dentes mais brancos, você pode optar pelo clareamento caseiro ou pelo método feito em consultório. No primeiro procedimento, o paciente vai ao consultório apenas para fazer uma moldeira e segue as instruções do profissional para dar continuidade às próximas etapas, em casa.Já o clareamento feito em consultório, consiste na utilização de um aparelho a laser. Primeiramente, o paciente se submete a uma limpeza para remoção de placa bacteriana e tártaro. Após isso, o dentista faz um isolamento da gengiva para que o produto utilizado no clareamento não a queime.

Um gel é passado nos dentes e enfim, o laser. A dentista Andressa Garcia Tebar explica que é o método mais rápido e que menos causa sensibilidade aos dentes. No entanto, ela alerta que o procedimento a laser também causa certa sensibilidade enquanto está sendo feito. "O profissional deve usar produtos específicos para este fim, que têm a função de evitar e eliminar a sensibilidade", diz.

Andressa afirma que a coloração é atingida aos poucos, dependendo do grau de escurecimento dos dentes e da tonalidade que a pessoa deseja obter. "O paciente não vai chegar ao consultório e dizer: 'eu quero meus dentes de tal cor'. Não existe isso", destaca. As sessões são feitas pelo dentista que, juntamente com o paciente, vai notando a tonalidade do branco. Geralmente, são necessárias duas ou três sessões (feitas com intervalos de uma semana) para chegar ao resultado final. O valor do tratamento varia entre R$700 a R$1200.

Não é preciso tomar nenhuma precaução antes de iniciar às sessões. A dentista também explica que não existem restrições de alimentos após o tratamento. "Muitas pessoas acham que não vão poder tomar café ou comer catchup por causa dos colorantes. Mas isso não é verdade". Quanto à contra-indicação, é feita apenas para gestantes.









PUBLICIDADE