10 dúvidas comuns de quem quer parar de fumar

Usar adesivo de nicotina, controlar a respiração e procurar um psiquiatra pode ajudar

POR MINHA VIDA - PUBLICADO EM 29/08/2011

Largar o cigarro nunca é tarefa fácil. A exposição crônica à nicotina promove um quadro de dependência, tanto física como psicológica, já que essa substância causa mudanças neuroquímicas em nossos neurônios. Para piorar, na hora de largar o vício, muitas dúvidas podem surgir, o que acaba atrapalhando o tratamento. Segundo o grupo de psiquiatras do Núcleo de Álcool e Drogas do Hospital Israelita Albert Einstein, algumas confusões quanto ao tratamento ainda são bastante comuns e podem desmotivar quem está tentando lagar o vício.

"Procurar um profissional para ajudar nesse período é muito importante para que a pessoa consiga largar de vez o cigarro", diz a psiquiatra Alessandra Maria Julião, do Hospital Israelita Albert Einstein. Esclareça algumas das dúvidas mais comuns. 

Uma pessoa que fumou durante muito tempo tem mais dificuldade de largar o cigarro?

De acordo com os especialistas, não se pode afirmar que o tempo de uso do tabaco esteja associado à gravidade da dependência de nicotina e à dificuldade encontrada para parar de fumar. "No entanto, o uso habitual do tabaco durante muitos anos pode ser um obstáculo para o sucesso do tratamento em uma porcentagem dos pacientes", alerta a psiquiatra Alessandra Maria Julião. 

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não