Os sete profissionais de saúde essenciais ao homem com mais de 50 anos

Agendar uma consulta e fazer exames antes de adoecer é um desafio para eles

POR LAURA TAVARES - ATUALIZADO EM 09/08/2013

Envelhecer é inevitável, mas esse processo pode acontecer de maneira mais natural e sem limitações que afetem a sua qualidade de vida. Para isso, acompanhamento médico é fundamental desde cedo - recuperar a saúde pode dar muito mais trabalho do que se prevenir de problemas. Enquanto as mulheres estão habituadas a ir ao médico com frequência e ficam alertas ao surgimento de qualquer sinal estranho, o assunto é tabu entre os homens. "Homens acima dos 50 anos não agendam uma consulta mesmo quando já apresentam sintomas de uma doença", afirma o urologista Daher Chade, do Instituto de Câncer. Listamos as principais especialidades que ele deve visitar a partir dos 50 anos de idade.

Oftalmologia

Após os 50 anos, doenças como a catarata e o glaucoma têm maior incidência, daí a necessidade de uma visita anual ao oftalmologista. "Grande parte das doenças dos olhos são irreversíveis, então identificar o problema precocemente pode eliminar a necessidade de cirurgias", afirma o oftalmologista Marco Antonio Alves, diretor da Sociedade Brasileira de Oftalmologia. O especialista lembra ainda que é possível identificar outras doenças silenciosas, como o diabetes e a hipertensão, apenas por meio de exames oculares. "E mesmo quem já sabe que é portador dessas doenças pode melhorar o controle clínico delas em uma consulta oftalmológica", complementa.