Hipoglicemia pode aumentar risco de demência em pessoas com diabetes tipo 2

Baixos níveis de açúcar no sangue podem dobrar as chances do problema em idosos

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 11/05/2013

Manter um controle rigoroso do diabetes tipo 2 pode ser um perigo para a saúde, principalmente em idosos. É o que afirma um estudo da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos. De acordo com os cientistas, baixas quantidades de açúcar no sangue em adultos com esse tipo de diabetes pode aumentar o risco de demência. Os resultados foram publicados dia 10 de junho no Journal of American Medical Association Internal Medicine (JAMA).

A pesquisa acompanhou 783 pessoas com idades entre 70 e 79 anos, todos com diabetes tipo 2 e livre de demências. Durante 12 anos, os participantes fizeram periodicamente testes de capacidade mental. Feitas as análises, os autores descobriram que pessoas com episódios de hipoglicemia significativa - baixas taxas de açúcar no sangue - tiveram duas vezes mais chances de desenvolver demência. Por outro lado, aqueles que sofriam demência também estavam em maior risco de sofrer hipoglicemias, em comparação com as pessoas com diabetes que não tinham demência.

Segundo os pesquisadores, ainda não é possível afirmar precisamente como a hipoglicemia pode aumentar o risco de demência. No entanto, a hipótese mais provável é a de que os baixos níveis de açúcar no sangue podem reduzir a oferta de açúcar no cérebro a ponto de causar algum dano cerebral. Além disso, uma pessoa com diabetes que tem demência pode não conseguir gerenciar muito bem seus medicamentos para controlar a glicose.

Os resultados sugerem que o estado mental do paciente deve ser considerado no tratamento de diabetes, afirmam os cientistas. No entanto, são necessários mais estudos para confirmar uma relação de causa e efeito.

Diabetes: sete hábitos que podem causar hipoglicemia
Tontura, mal estar, visão turva, sudorese, fome intensa, taquicardia e alteração do nível de consciência são sintomas do mal conhecido por hipoglicemia, recorrente entre pessoas com diabetes e caracterizada por níveis de glicose abaixo dos 60mg/dL - os valores ideais estão na faixa entre 70mg/dL e 99mg/dL. A hipoglicemia ocorre no geral por excessos na aplicação de insulina nos pacientes com diabetes, seja por erro do paciente ou pela dose incorreta da medicação. No entanto, existem algumas mudanças na alimentação que também pode ajudar a evitar esse mal. Livre-se dos erros na hora de controlar o açúcar no sangue e evite a hipoglicemia:

Não comer nada antes de dormir

Durante as horas de sono, o portador de diabetes pode apresentar a chamada hipoglicemia noturna, episódio caracterizado por pesadelos, transpiração intensa e dor de cabeça ao levantar. "Para evitar a hipoglicemia noturna, o ideal é fazer um lanche antes de dormir, consumindo carboidratos e proteínas, como leite ou pão com queijo e presunto", afirma a nutricionista Deise Regina Baptista Mendonça, do Departamento de Nutrição e Metabolismo da Sociedade Brasileira de Diabetes. "A glicemia deve ser ajustada sempre para que fique em torno de 100 m/dl nesse período, mas não muito acima disso", afirma.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.