Lentes de contato: sete cuidados com limpeza e armazenamento

Usar a solução correta e manter a higiene adequada reduzem o risco de infecções

POR CAROLINA SERPEJANTE - PUBLICADO EM 15/12/2014

As lentes de contato são um importante recurso para a correção de problemas como miopia, hipermetropia, astigmatismo ou vista cansada. Têm também função terapêutica no tratamento de algumas doenças oculares e após procedimentos cirúrgicos. Segundo a Sociedade Brasileira de Lentes de Contato e Córnea (SOBLEC), estima-se que 1% de brasileiros use lentes de contato, o equivalente a cerca de dois milhões de pessoas.

Para manter a saúde ocular é preciso usar as lentes de contato corretamente, uma vez que elas sofrem interferências de fatores fisiológicos, como a própria lágrima, e também ambientais, como a poluição. Por essas e outras razões é importante saber como é feita a limpeza e manutenção das lentes, além de respeitar o prazo de validade. Siga essas dicas e mantenha sua visão livre de problemas:

Limpeza do estojo

Assim como as lentes de contato, o estojo deve ser higienizado para prevenir infecções por micro-organismos. É necessário usar a mesma solução das lentes para lavar o estojo - e não água. Enquanto ainda estiver com as lentes, higienize as mãos e utilize a solução para lavar o estojo. "Permita que o estojo seque no ar em vez de usar qualquer papel ou toalha - uma vez que a chance de contaminação é maior nesses casos", explica a oftalmologista Tania. Encha o estojo com a solução e, só então, coloque as lentes. Lembre-se ainda de trocar o estojo a cada três meses, pois eles também podem se tornar um meio de contaminação com o tempo.