PUBLICIDADE

Diabetes: entenda a doença e conviva bem com ela

Conheça os principais cuidados que os diabéticos devem ter com a saúde

O diabetes é uma doença metabólica que pode causar sérios prejuízos à saúde. Ela é caracterizada pela elevação dos níveis de glicose no sangue devido, em primeira estância, uma deficiência da insulina.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A cada ano, aumenta o número de pessoas que são atingidas por essa morbidade. Estimativas apontam que o diabetes tipo I, que é causado por uma deficiência inata das células produtoras de insulina, atinge de 3% a 5% da população mundial.

Todas as pessoas que possuem IMC superior a 30 correm cinco vezes mais risco de se tornarem diabéticas ou hipertensas.

Já o diabete tipo II, adquirido após anos de maus hábitos alimentares, sedentarismo e tabagismo, é bem mais abrangente. Está presente em cerca de 20% da população mundial e em 65% da população obesa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Todas as pessoas que possuem IMC superior a 30 correm cinco vezes mais risco de se tornarem diabéticas ou hipertensas. Essas doenças podem ainda se associar, pois o acúmulo de glicose no sangue, característico da diabetes, gera irritação na parede interna das veias e artérias, o que eleva a pressão arterial.

O diabetes tipo II tem seu início com a infiltração de gordura no fígado, o que dificulta a metabolização da glicose. Os diabéticos desse tipo geralmente têm mais de 35 anos de idade, estão acima do peso e têm histórico familiar de obesidade ou de diabetes.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Reconheça os sintomas

Os primeiros sintomas da doença são: cansaço, tontura, mau hálito, pele seca, urina abundante, muita sede, muita fome, perda de peso rápida e sudorese, principalmente nas mãos. Mas o diagnóstico só é feito através de exames específicos de sangue, que avaliem as taxas de glicemia, de hemoglobina glicada e curva glicêmica e insulínica.

Cuide da sua alimentação

Cuidar da alimentação e manter uma rotina de exercícios é muito importante. Os diabéticos precisam de um restrito controle glicêmico, por isso é preciso comer pouco carboidrato. O consumo de hortaliças, frutas, legumes, verduras, peixe e clara de ovo é muito recomendado, sempre em pequenas quantidades e a cada 4 horas.

É fundamental que o portador de diabetes aprenda a comer refeições de índice glicêmico bem baixo, ou seja, que liberem pouca insulina. Assim não haverá necessidade de tantas aplicações de insulina, evitando a aceleração do envelhecimento das células.

Para manter o índice glicêmico baixo deve-se começar as refeições com saladas de verduras e legumes com azeite. As fibras e o azeite retardam o tempo de absorção dos alimentos. O consumo de arroz integral, granola, legumes (ao vapor ou grelhados), folhas verdes, frutas in natura e sucos sem coar também é fundamental numa refeição saudável. Os portadores de alto índice glicêmico devem evitar ao máximo produtos industrializados, laticínios e doces.

Tanto o diabético tipo I quando o tipo II podem levar uma vida absolutamente normal. Hoje existem medicamentos orais, programas de exercício e nutrição, excelentes insulinas, as altas tecnologias no cuidado com as taxas de glicose e cetonas que propiciam aos diabéticos uma qualidade de vida plena.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)