Estudo demonstra que o nível de instrução de educadores afeta a saúde bucal de crianças

As crianças que não eram supervisionadas por educadores apresentaram índices muito maiores de cárie

Pesquisa publicada em Março de 2015 revelou que a formação de educadores influencia os hábitos de saúde bucal de seus filhos O estudo "Formação de educadores e o risco de crianças afro-americanas desenvolver cárie dental: Um estudo analítico" foi produzido por pesquisadores de duas universidades americanas, a Case Western Reserve University e a University of Washington, sendo publicado em um relevante periódico científico, o Dental Journal Caries Research.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Durante os meses de setembro de 2007 a 2009, 423 crianças afro-descendentes de famílias de baixa renda (51% do sexo feminino e 49% do sexo masculino) e seus educadores, foram recrutados. A partir de exames dentais nas crianças e questionários aos educadores, o artigo mostrou que as crianças sob responsabilidade de educadores que completaram o ensino superior foram 1,76 vezes mais ao dentista e 6 vezes mais propensas a manter uma rotina de consultas periódicas ao dentista quando comparado às crianças cujos educadores responsáveis não terminaram o ensino superior. As crianças que não eram supervisionadas por educadores apresentaram índices muito maiores de cárie.

Continue lendo no site de Colgate.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)