Dente quebrado: veja opções para solucionar esse problema

Dependendo do local em que o dente se quebrou, o tratamento indicado pode variar

Pessoa sorrindo mostrando um dente quebrado - "Foto: Getty Images"
A quebra do dente pode ocorrer devido a uma série de fatores, além de quedas e acidentes

Os dentes são estruturas muito fortes, mas podem se quebrar. "Quebrar um dente é muito comum, sobretudo em crianças e adolescentes decorrentes de acidentes de pequena magnitude, como quedas, ou até em adultos devido a esportes de contato, acidentes automobilísticos, entre outras situações", enumera o odontologista Miguel Simão Haddad Filho (SP-CD-42070), presidente da Câmara Técnica de Endodontia do Conselho Regional de Odontologia do São Paulo (CROSP).

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Por mais que corrigir uma fratura dental possa parecer apenas uma questão estética, o dente fraturado pode trazer uma série de problemas. "Afinal, o dente fraturado está sem proteção ou com menos proteção para a polpa dentária, que é a parte do dente que possui vasos sanguíneos e inervação" explica a odontologista Fabíola Lanfredi (SP-CD-84547), especialista em ortodontia e estética dental.

A quebra do dente pode ocorrer devido a uma série de fatores, além de quedas e acidentes. "Pacientes com o hábito de apertamento dental, com dentes cariados ou descalcificados ou com grande extensão de material restaurador têm mais chance de fratura", considera Fabíola.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Dependendo do lugar em que a fratura ocorrer, o odontologista tem diferentes opções de tratamento. Veja as mais comuns:

Fratura pequena na coroa

Quando o paciente perdeu apenas um fragmento pequeno do dente, em que não houve exposição do canal dental, o tratamento é bem mais simples.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"A primeira opção é remoção de bordas cortantes e desgaste seletivo para adequar o contorno", explica a odontologista Patrícia Rezende de Brito (RJ-CD-23785), doutora e mestre em Endodontia.

Caso a dentina também tenha sido atingida, outras opções podem ser usadas. "Nesses casos já há envolvimento de dor além do comprometimento estético. Se for viável, o profissional deve proceder com a colagem do fragmento ou restauração", explica Haddad Filho.

Patrícia lembra que mesmo em casos de pequenas fraturas o acompanhamento é importante e deve ser feito anualmente.

Fratura média na coroa

Quando a fratura atinge a coroa, o tratamento de canal passa a ser necessário. "Esse tipo de fratura envolve muita dor e o canal pode ser feito se a raiz estiver totalmente formada, seguido de reconstrução coronária direta ou prótese, dependendo do tamanho do trauma", considera Haddad Filho.

No entanto, quando esse tipo de acidente ocorre com uma criança, pode ser que a raiz não esteja desenvolvida, o que pede outro tipo de conduta, pois não se pode remover a polpa dentária completamente já que esse procedimento pode atrapalhar a formação biológica do dente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Nesse caso, removemos parte da polpa, aplicamos um revestimento biológico sobre ela, restauramos e acompanhamos a maturação para, posteriormente, submeter o paciente ao tratamento de canal", explica Haddad Filho.

Perda da coroa

Se a fratura atinge a maior parte da coroa, a única solução é recorrer a uma prótese. "Usualmente, o tratamento de escolha é a confecção de facetas laminadas de porcelana ou coroas unitárias de porcelana", explica Patrícia de Brito.

Além disso, sempre que o interior do dente fica exposto, o tratamento de canal é necessário para a melhora da saúde do paciente.

Fratura na raiz

A raiz dental também pode ser fraturada, apesar de ser mais incomum. Normalmente essa fratura não fica visível, mas pode ser sentida.

"Algumas vezes é possível ouvir o barulho no momento da fratura e, dependendo do tamanho da fratura, o paciente pode sentir dor no dente e também na região de ligamentos que seguram o dente no osso e na gengiva envolvida", explica Fabíola Lanfredi. Além disso, o dente pode ficar mais móvel e até se deslocar.

Ao perceber o problema, é importante evitar a mastigação no local e procurar um dentista o mais rápido possível. A fratura precisa ser diagnosticada com uma radiografia e, depois disso, o especialista poderá determinar o tratamento.

"Na maioria dos casos o dente é perdido, ou seja, deverá ser removido e substituído com uma prótese", considera Haddad Filho.

O que fazer na hora que o dente quebra e cai?

Se você fraturar um dente e ele cair totalmente ou mesmo um fragmento, é muito importante guardá-lo. "Para não se perder tempo em busca do acondicionamento ideal, o dente poderá ser submerso em água filtrada. Melhor ainda quando é possível usar soro fisiológico", ensina Haddad Filho.

Dessa forma, ele pode ser recolocado, dependendo do tipo de fratura. Mas para isso é importante ir imediatamente ao dentista. "O dente não deve ser esfregado ou manuseado, apenas armazenado", lembra Patrícia.