Como eliminar gases e inchaço abdominal

Apesar de não haver evidência científica, alguns chás podem auxilar nos sintomas

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 30/03/2017

Dr. João Ricardo Duda
Coloproctologia - CRM 22961/PR
especialista minha vida

Gases e inchaço abdominal são sintomas gastro-intestinais muito comuns. Estes sintomas são muito comuns nos pacientes com Síndrome do Intestino Irritável e outros distúrbios funcionais gastro-intestinais, também conhecidos como Distúrbios do Eixo Cérebro-Intestino. Apesar disso, os gases ainda não são completamente compreendidos pela medicina.

PUBLICIDADE

Principais causas para os gases e inchaço abdominal

As possíveis causas para os gases e inchaço abdominal são diversas e complexas, sendo que sua maior produção, alterações do trânsito intestinal , da microflora intestinal, e hipersensibilidade visceral devem ser os principais fatores a serem considerados. Confira:

  • Anormalidades na Flora Intestinal: As bactérias localizadas na luz intestinal exercem seu papel principalmente pela fermentação de carboidratos e produção de gases. Estudos observaram alterações na microflora intestinal de pacientes com Síndrome do Intestino á em relação aos grupos controle. Além disso, alguns autores propõe que estas alterações de flora promovem alterações no sistema imunológico da mucosa intestinal, gerando alterações na sensibilidade e motricidade do intestino
  • Supercrescimento Bacteriano no Intestino Delgado (SIBO): Ainda carece de mais estudos. Deve ser considerado principalmente em pacientes com cirurgias com desvios do trânsito intestinal, como nas bariátricas, por exemplo
  • Alterações na Motilidade Intestinal: Os gases e inchaço abdominais podem estar relacionados à constipação intestinal e disfunções da motilidade ano-retal, porém, nos parece que a maioria destes pacientes possuem na realidade Síndrome do Intestino Irritável, cuja causa ainda permanece parcialmente obscura
  • Hipersensibilidade Visceral: Esta hipótese é mais fortemente sugerida quando observa-se em diversos pacientes a sensação de inchaço, sem haver efetivamente a distensão abdominal. Em pacientes com Intestino Irritável, estímulos com injeção de gases um insuflação de balões no reto implicam em sintomas de dor e desconforto abdominais acentuados. Sugere-se que as alterações de sensibilidade estejam tanto no sistema autonômico como ligados a mecanismos cognitivos
  • Intolerâncias Alimentares e Malabsorção de Carbohidratos: O excesso de fibras alimentares implica em fermentação bacteriana no cólon. A intolerância a lactose, também pela digestão da lactose não absorvida no intestino delgado pelas bactérias do cólon. De forma mais abrangente, estudos consistentes demostraram que os alimentos chamados FODMAPs (oligo ? di e monossacarídeos e polióis). São moléculas osmoticamente ativas e muito rapidamente fermentáveis, e que induzem a proliferação seletiva de algumas cepas de bactérias intestinais, que produzem em excesso principalmente o hidrogênio. Segue anexa a tabela dos FODMAPs
  • Aspectos Psicológicos: É extremamente comum a associação da queixa de gases com ansiedade e depressão, o que favorece fortemente a associação do estresse psicológico com os sintomas mais acentuados relacionados aos gases. Também há associações com pânico e distúrbios do sono
  • Gênero e Hormônios Sexuais: O gênero feminino é muito mais acometido que os homens. Nesse caso, especula-se que a flutuação dos níveis de hormônios sexuais femininos possam contribuir.

O que fazer para acabar com os gases

As pessoas sempre perguntam se há uma dieta que elimine os gases. O problema é que os resultados somente são alcançados quando de restrições alimentares. Nesse caso, a dieta com baixo teor de FODMAPs é a mais abrangente, de uma forma geral. No entanto, há que se estabelecer quais os indivíduos possuem as intolerâncias específicas, como a lactose, frutose , glúten, rafinose e a Doença Celíaca.

Existem massagens ou exercícios para eliminar gases e inchaço abdominal?

A prática de atividade física aeróbica, como caminhadas, correr, natação, spinning, e diversas outras que são desenvolvidas em academias ou ao ar livre são fortemente indicadas , quase sempre com ótimos resultados. As massagens, normalmente executadas por profissionais massoterapeutas costumam ter efetividade limitada.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Remédios caseiros

Apesar de não haver evidência científica em relação ao tratamento dos gases e inchaço abdominal com chás, há alguns que podem auxiliar nos sintomas:

  • Chá de Hortelã-Pimenta (Mentha piperita)
  • Chá de Erva Cidreira (Melissa officinalis)
  • Chá de Erva Doce (Foeniculum vulgare)
  • Chá de Raiz de Dente de Leão
  • Chá Verde
  • Chá de Camomila

Dieta para Síndrome do Intestino Irritável

Grupos alimentaresO que deve ser eliminado (alto teor de FODMAP)O que posso comer à vontade (baixo teor de FODMAP)O que devo ingerir com moderação (moderado teor de FODMAP)
FrutasMaçã, damasco, abacate, amora, cereja, figo, sucos de fruta, lichia, manga, nectarina, pêra, caqui, ameixa, melancia.Banana, mirtilo, uva, melão, kiwi, limão, limão-galego, laranja, maracujá, abacaxi, framboesa, ruibarbo, carambola, morango.Abacate, chips de banana, coco ralado, toranja, romã, uva passa
VegetaisAspargo, alcachofra, beterraba, couve-flor, chicória, milho, alho, cebolinha verde (a parte branca), cogumelo, quiabo, cebola, ervilha, ervilhaBroto de alfafa, broto de feijão, pimentão, cenoura, pimenta, pepino, berinjela, endívia, erva-doce, feijão verde, couve, alho-poró, alface, azeitona, tomate, cebolinha verde (parte verde), espinafre, abobrinha, acelga, nabo, abobrinha.Alcachofra, brócolis, couve, abóbora, aipo, repolho verde, couve lombarda, batata doce, tomate.
Amido e legumesCevada, cuscuz, feijão, centeio, soja, trigo.Pão de milho sem glúten, pão de milho, pão sem glúten, farinha sem glúten, massa sem glúten, painço (ou milho miúdo), quinoa, arroz, tapioca, tofu.Trigo mourisco, grão de bico enlatado, aveia sem glúten, lentilha enlatada, pão sovado
Produtos de uso diárioCoalhada, queijo cottage, pudim, sorvete, leite (vaca, cabra, ovelha), nata, leite de soja, iogurteManteiga, leite de coco, leite sem lactose, leite de arroz, chantilly.Queijo de trigo, queijo feta, queijo mozzarella, queijo parmesão, cheddar e queijo suíço.
Grãos e nozesCaju, pistacheNozes, semente de chia, noz macadâmia, amendoim, manteiga de amendoim, pinhão, sementes de gergelim, semente de girassol, nozes.Amêndoas, semente de linhaça, avelã
CarneCarnes processadas que contêm trigo, alho, cebola.Carne de boi, carne de frango, carne de pato, ovos, peixe, cordeiro, carne de porco, frutos do mar, tofu, peru.
Condimentos ou enlatadosCondimentos que contêm trigo, alho, cebola, ketchup, maionese, mostarda, molho japonês, massa de tomateVinagre feito de champanhe, molho de peixe, suco de limão, óleos diversos, molho de ostra, vinagre de vinho tinto, molho de soja sem glúten, vinagre feito de vinho branco.Vinagre balsâmico (aromático).
Ervas e pimentasAlho e cebola em póManjericão, folhas de louro, pimenta de caiena, cebolinha-capim, coentro, gengibre, hortelã, semente de mostarda, orégano, páprica, salsa, pimenta, pimenta vermelha em pó, alecrim, sal, tomilho, açafrãoPimenta da Jamaica, canela, pimenta em pó sem cebola e alho
SobremesaMel, qualquer produto com manitol, sorbitol, xilitol.Potássio, aspartame, açúcar mascavo, xarope de bordo, sacarose, açúcar cristal, açúcar refinado

Tratamento pela medicina tradicional

Os medicamentos que podem ser utilizados mais frequentemente são os pertencentes às classes a seguir:

  • Antibióticos
  • Probióticos
  • Procinéticos
  • Antiespasmódicos
  • Simeticona
  • Estimulantes da Secreção de Fluidos Intestinais
  • Antidepressivos
  • Agentes opióides.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)
Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.