Tequila pode ajudar a emagrecer, aponta estudo

Pesquisadores descobriram que substância presente na bebida também pode ajudar a reduzir níveis de glicose no sangue

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 02/06/2017

Um estudo publicado pelo Centro de Pesquisa e Estudos Avançados, no México descobriu que a tequila poderia auxiliar na perda de peso e no controle dos níveis de açúcar.

PUBLICIDADE

A descoberta, na verdade, destaca que o agave, um tipo de açúcar presente nas frutas e que também é utilizado para a produção de tequila seria capaz de estimular a produção de insulina e diminuir os níveis de glicose no sangue.Além disso, por não ser solúvel, agiria como as fibras, estimulando o trânsito intestinal

Para chegar a suas conclusões, os pesquisadores alimentaram um grupo de ratos com uma dieta padrão e adicionaram agaves à sua água. Após algumas semanas, os ratos que receberam agave comeram menos, perderam peso e apresentaram queda nos níveis de glicose.

Perigos do agave e das bebidas alcoólicas

Até o momento, as pesquisas foram feitas exclusivamente em ratos. Sendo assim são necessários mais estudos para constatar a eficiência da pesquisa em seres humanos.

Segundo a nutricionista Fernanda Machado Soares, pacientes com o diabetes não devem consumir o agave, devido ao alto teor de frutose, o que faz com que, nesse sentido, seja tão perigoso quanto o mel. Nesse caso, a nutricionista recomenda o consumo da stevia - outro adoçante natural, para pessoas com diabetes. "Além de ser mais doce que o açúcar, pode ser consumido a vontade por todos", diz a especialista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Em relação ao consumo de bebidas alcoólicas é importante ressaltar que para os pacientes com diabetes tipo 2, essa ingestão pode levar inicialmente ao aumento dos níveis de glicose no sangue, principalmente se for acompanhada da alimentação. Isso porque as bebidas alcoólicas são, geralmente, muito calóricas. E calorias a mais são iguais a ganho de peso e maior concentração de glicose no sangue.

Para pessoas que têm diabetes a ingestão diária de álcool deve ser limitada a uma dose ou menos para mulheres e duas doses ou menos para homens. Isso é o equivalente a 1 dose 150 ml de vinho (1 taça) ou 360 ml de cerveja ou 45 m de destilados, o que equivale a 15 g de etanol.

A endocrinologista Andressa Heimbecher Soares, alerta que o paciente nunca deve beber sem se alimentar. ?O ideal é que seja feita uma alimentação antes da ingestão e que a glicose seja controlada durante o período de consumo do álcool. Lembrando que crianças, adolescentes e pacientes com problemas de colesterol e fígado não devem beber?, completa

Tenha sempre cuidado. Quantidades maiores que 30g de etanol por dia podem causar sérios danos, como desidratação e aumento da insulina e da pressão. Se você não é diabético, bebidas em excesso são uma das principais causas de desenvolvimento de diabetes tipo 2, porque estão associadas ao ganho de peso. Para terminar, mais um recado: nunca dirija depois de beber! Saúde, você só tem uma!

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.