publicidade

Retenção de líquido

Falhas na circulação causa o inchaço repentino, resolva isso já

Por Minha Vida - publicado em 23/12/2005


Não existe coisa pior do que a sensação de ter ganhado uns quilos extras do dia para a noite. Mas nem sempre essa "engordada" quer dizer gordura no corpo. A explicação e a culpa pelo inchaço repentino é da absorção de líquidos pelo organismo, que acaba causando um breve, porém indesejado "efeito sanfona".

De acordo com a endocrinologista da equipe médica do Dieta e Saúde e responsável pela clínica Biodiet, Márcia Kelman, uma pessoa pode ganhar de um a dois quilos, durante o dia, por conta da retenção de líquidos. Inúmeros são os fatores que levam a esse aumento de peso, bastante evidente na época da TPM e no período menstrual. Quando é essa a causa da retenção de líquidos, não precisa se preocupar.Torna-se um problema a partir do momento em que os causadores do inchaço são a hipertensão, os problemas renais, a má alimentação, o sedentarismo, entre outros.

Deficiências na circulação, tanto do sangue quanto do plasma (líquido que transporta gordura e toxina nos vasos sanguíneos), podem ser consideradas as principais causadoras dessa absorção.

E quem mais sofre com isso são as mulheres com o chamado corpo violão. Segundo Márcia, o organismo da população feminina com esse biótipo - cuja gordura está mais localizada no bumbum e nas coxas - retém ainda mais líquido no período pré-menstrual.

A especialista ainda aponta os lugares de maior evidência do inchaço: "nas mãos e nas pernas, próximo ao tornozelo. Ainda existem pessoas com retenção hídrica generalizada, sentindo inchadas as mamas e a barriga". Além do inchaço do corpo, a retenção de líquidos pode causar dor de cabeça, pressão alta, vista embaçada e dor no peito.

Para evitar o problema, a endocrinologista aconselha a prática de exercícios físicos, como caminhadas diárias, principalmente às vésperas da TPM, o que promove o aumento do consumo de líquidos e melhora a circulação do organismo. Além disso, recomenda-se fazer massagens, a exemplo da drenagem linfática, que é terapêutica e relaxante. "Em alguns casos, por indicação médica, chega a ser necessário o uso de diuréticos de ação leve", ressalta.

No que se refere à alimentação, deve-se adotar uma dieta com menor consumo de sal. "Nesses dias, por exemplo, as pessoas devem trocar o shoyo tradicional pelo light, consumir cereais, fibras e frutas com maior teor de água, como melancia e melão", afirma.











Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.
Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X