PUBLICIDADE

Filho de Fernanda Rodrigues pega doença pouco conhecida em viagem

Bento, de 10 meses, teve uma doença chamada crupe que afeta as vias respiratórias

Filho de Fernanda Rodrigues pega doença pouco conhecida em viagem - foto: divulgação
Filho de Fernanda Rodrigues pega doença pouco conhecida em viagem

A atriz Fernanda Rodrigues, passou por momentos difíceis durante viagem a Orlando, seu filho caçula Bento, de 10 meses, passou mal e precisou ficar internado devido a uma brusca mudança de temperatura. A doença é pouco conhecida pelos brasileiros, porém muito comum nos Estados Unidos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Em seu blog, a atriz relevou que o filho começou a passar mal após uma onda de frio que atingiu a cidade. "Ele começou a respirar estranho e a tossir com um barulho que parecia um cachorro latindo. Não era uma tosse normal, seca ou com secreção, a gente conhece tosse! Era uma coisa muito estranha", disse.

Dias depois, o estado de saúde do menino começou a piorar: "A tosse havia aumentado e de repente começou a faltar o ar. Ele respirava e o ar não vinha. Que desespero!". A família levou Bento ao hospital infantil Arnold Palmer Children's, em Orlando, e o diagnostico não demorou a ser encontrado, o menino sofria com croup (Laringotraqueobronquite ou Crupe, em português).

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Eles nos explicaram o que seria o tal do Croup: uma inflamação nas vias respiratórias, que normalmente se dá por vírus. Isso gera uma dificuldade na laringe e traqueia de respirar, estou falando de maneira bem leiga mesmo, os ternos técnicos não ser dizer, e isso também é desesperador. Eles falavam os termos em inglês e nós íamos no tradutor pra tentar entender melhor as palavras".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O bebê teve quadros de estabilidade seguidos por piora intensa, os pais conseguiram o contato de uma médica brasileira que mora nos EUA, que ajudou o menino a melhorar. "A Dra. Flavia Fioretti examinou ele, explicou tudinho na nossa língua, tirou todas as nossas dúvidas e entendemos que o tratamento do hospital uma hora até ia melhorar, mas ele ia ficar sofrendo (e nós também) alguns dias. Enfim, voltamos pra casa, começamos o tratamento que ela passou e assim ele foi melhorando aos poucos. A febre foi espaçando até acabar, a respiração foi melhorando, nós fomos nós acalmando e nosso pequeno foi voltando ao normal", disse Fernanda.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A laringotraqueobronquite é uma inflamação pulmonar que bloqueia a respiração, causa tosse e febre. A doença pode ser aguda ou crônica. Casos agudos são comuns e podem ocorrer depois de um resfriado. Já os casos crônicos podem estar relacionados a doenças pulmonares. Confira mais detalhes da doença que afeta os pulmões.